MotoGP

Dovizioso evita avaliação precoce e afirma que troca de Lorenzo por Petrucci “tem prós e contras”

Andrea Dovizioso ainda não quer falar muito sobre a chegada de Danilo Petrucci à Ducati. Dizendo ser cedo demais para avaliações, ainda ressaltou que como qualquer troca, a saída de Jorge Lorenzo para a vinda do italiano tem prós e contras
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Andrea Dovizioso (Foto: Ducati)
Andrea Dovizioso ainda tem evitado tirar conclusões sobre o trabalho feito por Danilo Petrucci na Ducati. De acordo com o italiano, ainda é muito cedo para falar sobre a chegada do piloto, que pode ter pontos positivos e negativos.
 
O #4 e Jorge Lorenzo compartilharam o time nas duas últimas temporadas, tempo suficiente para deixar claro que o clima entre os dois passava longe de ser pacífico. Inclusive, chegaram a trocar farpas por diversas vezes na mídia.
 
O espanhol, que teve um começo um tanto quanto difícil na escuderia de Borgo Panigale, não teve o contrato renovado e viu Danilo Petrucci tomar seu lugar. Agora, o italiano chega ao time com um perfil bastante diferente do tricampeão da MotoGP.
Danilo Petrucci (Foto: Ducati)
Dovizioso e Danilo já mantinham uma relação bastante agradável fora das pistas, e depois de participarem dos primeiros treinos juntos, em Valência e Jerez de la Frontera, parece que também vão se dar bem como companheiros, apesar de Andrea evitar fazer qualquer tipo de comentário mais profundo sobre o novo colega.
 
“O trabalho que tenho feito com Danilo tem sido mais tranquilo. Fizemos os mesmos comentários, mas não é suficiente. Poderemos trabalhar juntos depois do teste na Malásia. Vamos ver ser é possível, será bom para os dois”, disse.
 
“Ainda não é possível avaliar Danilo. Como em todas as trocas, tem seus prós e contras. Quando tem um campeão como Jorge na equipe, que já ganhou, é algo especial que te traz coisas positivas. Também se criaram situações em que conseguiu menos pontos do que os que poderia fazer no campeonato e o objetivo de ganhar o mundial”, concluiu.