MotoGP

Dovizioso segura Yamaha e coloca Ducati na ponta no primeiro treino na Malásia. Márquez é décimo

Andrea Dovizioso segurou as Yamaha de Valentino Rossi e Maverick Viñales e ficou com o melhor tempo do primeiro treino livre da MotoGP em Sepang. 1s104 mais lento que o #4, Marc Márquez ficou apenas em décimo
Warm Up / JULIANA TESSER, de São Paulo
 Andrea Dovizioso (Foto: Reprodução)
A Ducati começou na frente no primeiro treino livre para o GP da Malásia de MotoGP. Andrea Dovizioso cravou 1min59s697 na melhor de suas 17 voltas na manhã desta sexta-feira (2) em Sepang e assegurou o topo da tabela de tempos.
 
Vindo de vitória na Malásia, Maverick Viñales passou parte desta atividade matutina no comando da MotoGP, mas, como a preocupação climática é sempre presente no circuito malaio, os tempos caíram para valer na parte final da atividade.
 
Dovizioso foi o primeiro a entrar na casa de 1min59s e chegou a liderar uma trinca da Ducati. Instantes antes de o cronômetro zerar, porém, Valentino Rossi surgiu apenas 0s070 mais lento e tomou o segundo posto, com Viñales aparecendo pouco depois para formar o top-3.
Andrea Dovizioso liderou o primeiro treino na Malásia (Foto: Divulgação/MotoGP)
Com 1min59s941, Jack Miller ficou com o quarto posto, 0s241 melhor que Danilo Petrucci, o quinto. Álex Rins deixou para trás o incêndio em uma de suas GSX-RR e ficou com a sexta marca.
 
0s855 mais lento que o líder, Aleix Espargaró colocou a Aprilia na sétima colocação, seguido por Álvaro Bautista e Johann Zarco. Marc Márquez cravou 2min00s801 e ficou apenas em décimo, 1s104 mais lento que o líder.
 
De volta à MotoGP poucos dias após operar o punho, Jorge Lorenzo completou 13 voltas nesta manhã, mas, com a melhor delas em 2min03s204, ficou apenas em último.
 
Saiba como foi o primeiro treino da MotoGP em Sepang:
 
Depois do frio de Phillip Island, a MotoGP encontrou um dia de calor em Sepang. Na hora do primeiro treino do fim de semana, os termômetros marcavam 32°C, com a velocidade do vento chegando aos 8 km/h.
 
Vencedor do GP da Malásia do ano passado, Andrea Dovizioso abriu a sexta-feira no topo da tabela, 0s190 à frente de Scott Redding. Maverick Viñales e Valentino Rossi vinham na sequência, com Álvaro Bautista fechando o top-5.
 
No giro seguinte, Marc Márquez chegou a 2min01s160 e assumiu a ponta, já 0s997 melhor que Álex Rins. Em seguida, Dani Pedrosa saltou para segundo, formando uma dobradinha da Honda.
 
Mesmo sem melhorar, Márquez se manteve na ponta, agora com Viñales em segundo, 0s163 atrás. Dovizioso, Miller e Pedrosa apareciam na sequência.

Na sexta volta na sessão desta manhã, Márquez alcançou 2min00s833, abrindo 0s478 de margem para Miller, que acabara de subir para segundo. Viñales, porém, passou o piloto da Pramac na sequência, se colocando a 0s086 do campeão vigente.
 
Passados os primeiros 15 minutos da sessão, a movimentação nos boxes aumentou. Márquez tinha a liderança e era seguido por Viñales, Miller, Dovizioso, Rossi, Pedrosa, Petrucci, Rins, Bautista e Iannone.
 
Ainda rodando, Viñales foi a 2min00s845 e reduziu para 0s012 a margem de Márquez no topo da tabela de tempos. Em sua décima volta, o #25 baixou para 2min00s453 e, enfim, tomou a liderança, abrindo 0s380 para o rival da Honda.
 
De volta à pista, Márquez conseguiu reduzir a vantagem de Maverick para 0s348, enquanto Dovizioso também foi mais rápido para seguir em terceiro. Rossi, por sua vez, diminuiu para 0s908 o atraso em relação ao companheiro de equipe.
 
A fase intermediária da sessão, porém, não viu grandes mudanças na tabela, com o top-10 sendo formado por Viñales, Márquez, Dovizioso, Miller, Rossi, Pedrosa, Petrucci, Bautista, Rins e Iannone.

Voltando à ativa poucos dias após uma cirurgia, Lorenzo completou dez voltas nos primeiros 2/3 da sessão, mas tinha apenas o último tempo, 4s338 atrás de Viñales.
 
Com pouco mais de cinco minutos para o fim, Iannone avançou para a terceira colocação, 0s520 atrás do #25. Na sequência, Zarco e Morbidelli pularam para quinto e sexto, separados por apenas 0s070.
 
Calçando um pneu macio na traseira da Desmosedici, Miller foi a 1min59s969 ― o primeiro abaixo de 2min00s ― e se instalou na ponta, 0s484 melhor que Maverick. Dovizioso, Petrucci e Rins também passaram o piloto da Yamaha.
 
Em sua 15ª volta, Dovizioso se juntou a Miller em 1min59s, mas, 0s244 melhor que o australiano ― que também tinha baixado seu tempo de volta ― assumiu o comando da atividade. Mais atrás, Aleix Espargaró saltou para a sexta posição, 0s112 melhor que Bautista, o sétimo.
 
Com 30s para o fim da sessão, Rossi lançou mão de 1min59s767 e, com seu par de pneus macios, passou a ocupar o segundo posto, só 0s070 mais lento que Dovizioso. 
 
Já com a bandeira quadriculada tremulando em Sepang, Viñales subiu para terceiro, 0s161 mais lento que o companheiro de Yamaha.



MotoGP, GP da Malásia, Sepang, treino livre 1:

1 A DOVIZIOSO Ducati 1:59.697    
2 V ROSSI Yamaha 1:59.767 +36.000  
3 M VIÑALES Yamaha 1:59.928 +48.000  
4 J MILLER Pramac Ducati 1:59.941 +0.244  
5 D PETRUCCI Pramac Ducati 2:00.182 +0.485  
6 A RINS Suzuki 2:00.241 +0.544  
7 P ESPARGARÓ KTM 2:00.552 +0.855  
8 A BAUTISTA Ángel Nieto Ducati 2:00.664 +0.967  
9 J ZARCO Tech3 Yamaha 2:00.726 +1.029  
10 M MÁRQUEZ Honda 2:00.801 +1.104  
11 A IANNONE Suzuki 2:00.973 +1.276  
12 T NAKAGAMI LCR Honda 2:01.199 +1.502  
13 F MORBIDELLI Marc VDS Honda 2:01.209 +1.512  
14 B SMITH KTM 2:01.230 +1.533  
15 S BRADL LCR Honda 2:01.313 +1.616  
16 D PEDROSA Honda 2:01.320 +1.623  
17 H SYAHRIN Tech3 Yamaha 2:01.419 +1.722  
18 S REDDING Aprilia Gresini 2:01.690 +1.993  
19 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 2:01.825 +2.128  
20 T LÜTHI Marc VDS Honda 2:01.922 +2.225  
21 K ABRAHAM Ángel Nieto Ducati 2:02.097 +2.400  
22 X SIMEÓN Avintia Ducati 2:02.101 +2.404  
23 J TORRES Avintia Ducati 9:31.000 +31.303  
24 J LORENZO Ducati 2:03.204 +3.507  
           
REC J LORENZO Yamaha 2:00;606 165.4 km/h  
MV D PEDROSA Honda 1:59.053 167.6 km/h  
           
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 31ºC | pista: 39ºC