Ducati adia anúncio de pilotos para 2021 e brinca: “Palco livre para Rossi”

Paolo Ciabatti afirmou que a formação das equipes da Ducati para a temporada 2021 será anunciada apenas na semana que vem. Dirigente adiantou o acerto com Jorge Martín

Paolo Ciabatti confirmou que a Ducati não vai anunciar neste fim de semana a formação das equipes para a temporada 2021 da MotoGP. Além de preferir focar na corrida, o diretor-esportivo brincou em deixar o palco livre para o aviso da mudança de Valentino Rossi para a SRT Yamaha.

Até agora, a única certeza no time de Borgo Panigale é que Jack Miller vai defender a equipe de fábrica. O posto de Andrea Dovizioso, porém, é disputado por Francesco Bagnaia e Johann Zarco, que já reconheceu que o italiano fez mais para garantir o espaço.

O francês, porém, já está fora da Avintia e, portanto, deve defender a Pramac no próximo ano. Vice-líder da Moto2, Enea Bastianini já confirmou a mudança para a classe rainha com o equipamento de Bolonha e, assim, deve ficar com a vaga que hoje é de Johann. Jorge Martín também vai compor a estrutura da Ducati em 2021.

Pecco Bagnaia, Pramac, MotoGP 2020, GP da Emília-Romanha
Pecco Bagnaia é o mais cotado para o time oficial em 2021 (Foto: Pramac)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Inicialmente, a escuderia vermelha tinha prometido o anúncio para este fim de semana, mas adiou os planos para a próxima semana. Assim, a expectativa é de que a única confirmação do fim de semana seja mesmo da mudança de Rossi para a SRT, já que a Yamaha já acertou com Maverick Viñales e Fabio Quartararo para o próximo ano.

“Realmente dissemos que faríamos o anúncio neste fim de semana, mas a ideia agora é fazer a divulgação dos pilotos da Ducati para 2021 no próximo fim de semana, não durante o GP, pois queremos focar na corrida”, disse Ciabatti em entrevista à emissora Sky Italia. “Além disso, entre hoje e amanhã, o acordo entre Valentino e a Petronas Yamaha deve ser anunciado e queríamos deixar o palco [livre] para essa notícia”, brincou.

“Portanto, na metade da próxima semana ― exceto qualquer surpresa ― vamos anunciar oficialmente os pilotos para 2021”, garantiu.

Ainda assim, Ciabatti se adiantou e confirmou o acerto com Jorge Martín, que volta à Moto2 neste fim de semana depois de curado da Covid-19.

“Já estamos 99% certos de quais equipes vão acolher os pilotos que temos contratados, que são [Jack] Miller, [Francesco] Bagnaia, [Johann] Zarco e já dá para dizer Jorge Martín”, falou. “Jorge é um piloto que conhecemos há muito tempo e estamos felizes por ele poder pilotar uma Ducati no próximo ano”, completou.

Ainda resta a possibilidade de Luca Marini também subir da Moto2 para a MotoGP com a marca, para ocupar uma das vagas da Avintia. No entanto, o posto pertence a Tito Rabat, que também contribui com patrocínio, algo que a equipe já disse que não pode dispensar.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Catalunha, nona etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

LEIA TAMBÉM
Com Dovizioso, MotoGP tem menor pontuação na liderança após sete etapas em 35 anos

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube