Ducati promete apoiar Bastianini: “Piloto que vai bem não pode ser negligenciado”

Comandante da divisão de corridas da casa de Bolonha, Gigi Dall’Igna avaliou que o piloto da Gresini tem feito tudo que é necessário para conseguir apoio da fábrica em 2022

MOTOGP DÁ BOLA FORA COM DOCUMENTÁRIO FANTASMA

Chefe da Ducati Corse, Gigi Dall’Igna prometeu apoiar Enea Bastianini na temporada 2022 da MotoGP. O dirigente reconheceu a evolução do titular da Gresini e avaliou que um piloto que mostra boa performance não pode ser negligenciado.

Correndo com uma moto do ano passado, o piloto italiano venceu na abertura da temporada, no GP do Catar, e hoje lidera a classificação da MotoGP. Ainda em 2021, o piloto de 24 anos mostrou um ritmo de corrida sólido, mas deu mais um passo à frente nesta temporada.

LEIA TAMBÉM
Quem é a primeira mulher a chefiar equipe vencedora na MotoGP?

Enea Bastianini está conquistando Gigi Dall’Igna aos poucos Foto: Divulgação/MotoGP)

ANÁLISE
MotoGP peca na distribuição e transforma ‘MotoGP Unlimited’ em série limitada

Na visão de Dall’Igna, Enea, que em 2021 conquistou dois pódios usando uma GP19, melhorou em classificação e em largada e, assim, tem feito tudo de que necessita para conseguir a atenção da fábrica de Borgo Panigale.

“Sempre disse que Enea teve corridas fantásticas em 2021 e só tinha de melhorar duas coisas: a classificação e o line-up da largada”, disse Dall’Igna ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport. “Ele já demonstrou durante os testes de Jerez que, em termos de volta rápida, estava no caminho. Só tínhamos dúvida em relação a largada. E ele fez bem. O resto seguiu o caminho”, continuou.

Gigi destacou que, em Lusail, Bastianini mostrou uma performance madura, digna de um campeão, já que soube preservar o equipamento e atacar no momento ideal.

“Ele foi paciente, como só campeões sabem ser. Ele estava nas posições certas e não abusou dos pneus. Ele fez o que era necessário no momento certo e teve clareza para lidar com uma situação que, nas últimas voltas, era favorável”, pontuou.

Satisfeito com o que viu do piloto da equipe satélite, Dall’Igna reconheceu que não faz sentido deixar Bastianini a própria sorte e prometeu apoiá-lo como possível ao longo do campeonato.

“Acredito que Enea não está destinado a sofrer durante o ano. Está claro que um piloto que vai bem não pode ser negligenciado”, reconheceu. “Sempre disse que cumpri minhas promessas. E agora, ainda mais. Ele está fazendo o que é preciso para que eu o ajude. Se ele continuar assim, teremos de encontrar um jeito de ajudá-lo”, assegurou.

Bastianini já deixou claro que quer um lugar na equipe de fábrica em 2023. Por enquanto, apenas Francesco Bagnaia tem contrato certo, mas o lugar de Jack Miller é também cobiçado por nomes como Jorge Martín e Johann Zarco, além, é claro, do próprio titular da vaga.

A classificação do GP da Indonésia de MotoGP acontece neste sábado (19), às 4h05 (de Brasília), no circuito de Mandalika. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da segunda etapa do Mundial de Motovelocidade 2022.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

GUIA DA MOTOGP 2022
MotoGP abre era pós-Rossi com menu extenso e pratos para lamber os beiços
MotoGP mantém estabilidade e só tem mudanças pontuais no regulamento
Acosta chega forte, mas Moto2 é livro aberto na busca por protagonista
Volta de Carrasco e estreia de Moreira deixam olhos atentos à Moto3
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Yamaha ainda sofre com motor, mas busca evolução na MotoGP
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Quartararo sai da glória de campeão para a luta de se manter no topo
Sem ícone máximo, MotoGP tem de descobrir novo mundo em era pós-Rossi
Ducati cria casca e entra na temporada 2022 com pressão do favoritismo
KTM chega cercada de incertezas após tropeços e decepções na MotoGP
Bagnaia ganha Ducati e vira bola da vez na MotoGP mesmo derrotado em 2021
De campeão a surpresa, novatos invadem MotoGP com diferentes expectativas
Suzuki atende pilotos e surge vitaminada com melhora na moto e novo chefe
Honda torce por Marc Márquez inteiro para voltar do ostracismo em 2022
Marc Márquez chega a 2022 para recuperar forma e retomar domínio

BASTIANINI OFERECE ALENTO À DUCATI EM CATAR DESASTROSO NA MOTOGP
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar