Ducati promete “anúncio o quanto antes”, mas assume: “Não é fácil fechar todos os acordos”

Vivendo um dilema, o chefe da Ducati, Gigi Dall'Igna, admitiu que acertar os contratos ainda pendentes não tem sido tarefa das mais fáceis

A Ducati assegurou que está trabalhando para “fechar todos os acordos” pendentes para a temporada 2025 da MotoGP “o mais rápido possível”, porém o chefe, Gigi Dall’Igna, reconheceu que não tem sido tarefa das mais fáceis. Com apenas Francesco Bagnaia assegurado na equipe de fábrica, resta oficializar os futuros de Marc Márquez e Enea Bastianini.

A classe rainha do Mundial de Motovelocidade viveu uma segunda-feira (3) agitada após a revista inglesa Autosport revelar que a casa de Borgo Panigale resolveu abrir mão de Jorge Martín para abrir a vaga no time de fábrica para Márquez. A notícia é ainda mais surpreendente considerando que, na última semana, La Gazzetta dello Sport cravou que o acordo entre o atual líder da temporada e o time 1 da Ducati já estava certo.

Não demorou, no entanto, para a primeira confirmação surgir: a Aprilia anunciou Martín como substituto de Aleix Espargaró, que vai se aposentar ao final deste ano, para 2025. Hoje (4), a Autosport informou ainda que Enea Bastianini — o preterido para dar espaço a Marc — é o próximo da fila a sair, e o destino será a KTM.

O anúncio oficial do duo da Ducati para 2025 era esperado para o fim de semana do GP da Itália, porém a equipe rejeitou qualquer decisão em Mugello. Dall’Igna admitiu que “não é fácil finalizar todos os acordos” que ainda estão em curso.

Enea Bastianini é um dos que não estão garantidos na Ducati (Foto: Ducati)

“Estamos trabalhando nisso”, acrescentou o chefe à imprensa. “Com certeza faremos um anúncio sobre isso o mais rápido possível, mas não posso dar uma data”, completou.

A declaração de Gigi veio antes do comunicado oficial da Aprilia sobre Martín. Indagado ainda se a boa performance de Bastianini na Itália teria peso na decisão quanto ao destino do #23, o dirigente negou.

“Sinceramente, acredito que não. Vamos ver o que acontece, mas acho que não”, concluiu.

MotoGP volta a acelerar entre 28 de 30 de junho para o GP dos Países Baixos, em Assen, com a 8ª etapa da temporada 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.