Ducati vê melhora insuficiente e promete “moto completamente nova” em teste de Valência

Chefe da Ducati Corse, Gigi Dall’Igna prometeu uma moto “completamente nova” para o teste coletivo da MotoGP que segue o GP da Comunidade Valenciana. Dirigente considerou que a casa de Bolonha não conseguiu evoluir a Desmosedici o bastante em 2019

Chefe da Ducati Corse, Gigi Dall’Igna prometeu uma moto “completamente nova” para o teste coletivo da MotoGP após o GP da Comunidade Valenciana. O dirigente considerou que, apesar de ter evoluído, a Desmosedici não avançou o suficiente.
 
No GP da Tailândia, Marc Márquez encerrou mais uma vez o sonho da Ducati de levar o título da MotoGP de volta de volta a Borgo Panigale. Ainda assim, os italianos seguem sonhando com a conquista das taças de Construtores e Equipes.
 
Falando ao site oficial da MotoGP, Dall’Igna se disse feliz com o trabalho feito com a Ducati, mas reconheceu que sua alegria não pode ser completa. 
Gigi Dall'Igna prometeu moto nova em Valência (Foto: Reprodução)
Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

“Estou bem feliz, pois fizemos algumas coisas interessantes na moto, mas, obviamente, não estou feliz na realidade, pois nós não melhoramos a moto o bastante para vencer o campeonato”, admitiu. “Então, para a próxima temporada, teremos de melhorar muito mais para conseguir o resultado”, frisou.
 
Gigi destacou a melhora em termos de aerodinâmica e chassi, mas ressaltou que é preciso fazer mais na classe rainha. 
 
“Nós melhoramos bastante na aerodinâmica. Sinceramente, também estou bem feliz com o desenvolvimento do chassi que fizemos ao longo do ano. Nós trabalhamos bastante na rigidez do chassi, mas não só nisso”, apontou. “Certamente não é o suficiente, mas acho demos alguns passos no caminho certo. No fim, nossos pilotos estão na parte de cima da classificação, lideramos no Mundial de Equipes, então essa é uma das conquistas que gostaríamos de ter no fim da temporada”, seguiu.
 
Na reta final da temporada, a Ducati segue produzindo atualizações, mas não pensando neste ano. 
 
“Nós estamos tentando produzir peças novas para as últimas corridas, não para esta temporada, mas para estarmos prontos para a próxima, para entendermos melhor o que temos de fazer para a próxima”, explicou. “Nós temos uma moto completamente nova para o teste depois da corrida em Valência”, anunciou. 
 
“Com certeza, a velocidade de curva é uma das áreas que temos de melhorar mais do que as outras e temos de desenvolver isso durante os testes de inverno. Não é fácil, também por não termos muito tempo e muitos testes, então temos de trabalhar duro durante o inverno”, concluiu. 
 

O GP do Japão de MotoGP está marcado para o domingo, às 4h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Previsão do tempo para Motegi
GP do Japão Motegi

!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube