MotoGP

Em recuperação após acidente em teste de Brno, Mir desfalca Suzuki na Áustria

A Suzuki anunciou nesta quinta-feira (8) que Joan Mir não disputará o GP da Áustria deste fim de semana. O #36 ainda se recupera de um forte acidente que sofreu durante o teste de segunda-feira de Brno

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
A Suzuki estará desfalcada neste fim de semana no Red Bull Ring. A montadora nipônica anunciou nesta quinta-feira (8) que Joan Mir não poderá disputar o GP da Áustria deste fim de semana, já que ainda se recupera do forte acidente que sofreu no teste de Brno.
 
Já na parte final da sessão, quando restavam apenas 45 minutos para a bandeira quadriculada, o titular da Suzuki caiu na curva 1 do circuito tcheco. A GSX-RR ficou bastante danificada e a atividade teve de ser interrompida com bandeira vermelha.
 
O #36, que foi retirado da pista de maca, passou por exames no centro médico do autódromo e, depois, foi levado a um hospital local para uma avaliação mais detalhada. Joan foi diagnosticado com uma contusão pulmonar e está de repouso para se recuperar.
Joan Mir (Foto: Suzuki)
Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Em um comunicado enviado à imprensa, a Suzuki explicou que os pulmões de Mir seguem inflamados e, assim, o espanhol tem de seguir em repouso. Joan será reavaliado na Clinica Dexeus quando voltar para Barcelona e, depois, seguirá para Andorra, onde mora, para tentar se recuperar para o GP da Grã-Bretanha, próxima parada do campeonato.
 
“É uma pena que Joan não possa participar desta próxima etapa na Áustria, mas o mais importante é que ele se recupere adequadamente”, disse Davide Brivio, chefe do time. “A condição dele está melhorando mais e mais e, felizmente, não tem nada mais sério, ele só precisa de tempo para se recuperar depois da queda”, seguiu.
 
“Com o GP da Áustria tão próximo de Brno, seguidos, é muito difícil para ele se recuperar a tempo”, reconheceu. “Ele precisa ser cauteloso, e nós queremos que ele volte só quando estiver completamente recuperado. Desejamos a ele todo o melhor e estaremos esperando por ele”, completou.
 
Mir lamentou perder a corrida, mas aproveitou para agradecer as muitas mensagens que recebeu desde o acidente no teste.
 
“É uma pena perder essa corrida depois do incidente no teste de Brno. Foi uma queda forte e eu fui transferido para o hospital para mais exames, pois rolei muitas vezes na brita e levei muitas pancadas. No início, tive dificuldade para respirar, por conta da contusão pulmonar, mas, passo a passo, melhorei e agora me sinto melhor”, contou Mir. “O próximo passo é ir ao Hospital Dexeus, onde passarei por mais exames médicos para garantir que tudo está bem, aí ir para casa e voltar a treinar”, seguiu. 
 
“É uma grande pena, porque eu estava me sentindo realmente bem com a moto e nós estávamos completando um teste fantástico. Agora tenho de pensar dia após dia, tentar me recuperar, e focar em estar 100% para Siverstone”, listou. “Quero manter o momento com a moto e continuar crescendo na classe rainha. Tenho de agradecer todas as pessoas que cuidaram de mim, desde a Clinica Mobile, ao pessoal médico do circuito, a equipe do hospital em Brno, e todos os membros do time. Obrigado também a todos os fãs que me mandaram muitas mensagens positivas e de apoio”, concluiu.
 
A Suzuki optou por não substituir Mir no Red Bull Ring.
 
O GP da Áustria de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.