Em recuperação, Lorenzo fala em tentar estar na Malásia para ter “um melhor final de temporada”

Em recuperação após passar por uma artroscopia no punho esquerdo, Jorge Lorenzo deixou claro que gostaria de estar no GP da Malásia para buscar um melhor fim de temporada nesta reta final de sua passagem pela Ducati. O #99 está fora das corridas desde a prova da Tailândia

Jorge Lorenzo ainda não desistiu de disputar o GP da Malásia. Afastado das pistas desde que sofreu uma forte queda na Malásia, o #99 se recupera de uma cirurgia no punho esquerdo.
 
Esta reta final de temporada não tem sido fácil para o espanhol de Palma de Maiorca. O #99 caiu na primeira curva do GP de Aragão e sofreu uma fratura no pé. Duas semanas depois, Jorge caiu no segundo treino na Tailândia por conta de uma falha da Ducati e acabou com uma lesão no punho.
 
Inicialmente, os médicos não tinham identificado uma fratura, mas exames feitos no Japão mostraram uma quebra incompleta do rádio, o mais curto dos ossos do antebraço. O piloto ainda tentou guiar em Motegi, mas sucumbiu às dores e acabou voltando à Espanha para se tratar.
Jorge Lorenzo segue pensando em correr na Malásia (Foto: Michelin)
Na quarta-feira, Lorenzo foi operado no Hospital Quirón-Dexeus, em Barcelona, e já seguiu para Lugano, na Suíça, para seguir com a recuperação em casa. 
 
Em um vídeo divulgado nesta quinta nas redes sociais, Lorenzo explicou que quer tentar correr na Malásia para buscar um melhor fim de temporada nesta sua fase de despedida da Ducati.
 
“Eu já estou em casa. Como vocês sabem, ontem eu passei por uma operação, uma artroscopia no punho esquerdo, porque encontraram, além da fratura incompleta no rádio, um ligamento danificado e, para repará-lo, precisaram fazer essa artroscopia”, explicou Lorenzo. “Agradeço muito ao Dr. Mir e ao Dr. Barreda por seu grande trabalho”, seguiu.
 
“É verdade que não tive muita sorte nestas últimas corridas, tive muito azar por vários motivos, mas, bom, também é verdade que podia ter sido pior. Temos sempre de pensar positivo e, acima de tudo, olhar para frente e tentar nos recuperarmos dessa lesão o máximo o mais rápido possível para estar na Malásia”, ponderou. “Não estarei 100%, isso está claro, mas tentar estar lá e, principalmente, conseguir um melhor final de temporada nesta minha etapa com a Ducati”, acrescentou.
 
 

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube