Em treino com final acidentado, Lorenzo coloca Yamaha na frente no TL2 no Japão. Líder da MotoGP, Márquez é quarto

Em um treino marcado por uma sequência de tombos nos minutos finais, Jorge Lorenzo apareceu com o cronômetro zerado para superar Andrea Dovizioso e Maverick Viñales e garantir a liderança do segundo treino da MotoGP no Japão

Jorge Lorenzo colocou a Yamaha no topo da tabela de tempos na segunda sessão de treinos livres para o GP do Japão. Já com o cronômetro zerado, o #99 cravou 1min45s151 e fechou a tarde desta sexta-feira (14) no topo da tabela.
 
Além da mudança na ordem dos pilotos, os instantes finais da sessão desta tarde ficaram marcados por uma sequência de acidentes. Os mais assustadores foram os de Dani Pedrosa e Eugene Laverty, que foram levados ao centro médico para serem avaliados.
 
Alheio aos problemas, Lorenzo conseguiu sua melhor marca na volta final, superando Andrea Dovizioso por 0s053. Apenas 0s044 mais lento que o piloto da Ducati, Maverick Viñales completa o top-3.
Jorge Lorenzo ditou o ritmo no TL2 (Foto: Yamaha)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Líder do Mundial, Marc Márquez teve uma queda sem consequências e ficou com o quarto tempo, à frente de Cal Crutchlow. Aleix Espargaró fecha o top-6.
 
0s381 mais lento que o companheiro de Yamaha, Valentino Rossi ficou com a sétima colocação, 0s640 mais rápido que Danilo Petrucci, o oitavo. Pedrosa e Pol Espargaró completam a lista dos dez melhores.
 
Saiba como foi o segundo treino da MotoGP em Motegi:
 
Com o sol brilhando no céu de Motegi, o segundo treino da MotoGP começou com os termômetros indicando 21°C e o asfalto alcançando os 32°C. Os ventos sopravam a uma velocidade de 3 km/h.
 
Com 1min46s775, Lorenzo foi o primeiro a aparecer no topo da tabela, 0s882 à frente de Márquez. Aleix era o terceiro, seguido por Bautista e Laverty.
 
Rossi, por sua vez, teve de voltar aos boxes da Yamaha para que os mecânicos pudessem verificar o aperto da carenagem que cobre do tanque de combustível da YZR-M1. O italiano voltou à pista pouco depois.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Enquanto isso, Lorenzo foi ainda mais rápido e se manteve na ponta, 0s384 à frente de Crutchlow. Viñales agora era o terceiro, à frente de Aleix e Laverty.
 
Pouco depois, Dovizioso virou em 1min45s903 e assumiu o comando da sessão, 0s208 à frente de Lorenzo. Petrucci era agora o terceiro, seguido por Aleix.
 
Com 1min45s744, Márquez pegou a ponta da tabela, abrindo 0s159 de margem para Dovizioso. Viñales também foi mais rápido e saltou para a quinta colocação, 0s380 atrás do líder.
 
Com pouco mais de 15 minutos de sessão, Bradl sofreu uma queda na curva 10, mas não de feriu e logo voltou para a pista. Na sequência, foi Pol Espargaró quem foi ao chão na curva 9, também em um acidente sem consequências físicas.
 
Com um terço de sessão, os pilotos foram aos boxes fazer ajustes nos protótipos. Márquez tinha a liderança, com Dovizioso, Aleix, Lorenzo, Viñales, Petrucci, Pol, Pedrosa, Crutchlow e Bradl fechando o top-10. Rossi era o 11º.
 
De volta, Lorenzo registrou 1min45s911 e assumiu a terceira colocação, 0s167 atrás de Márquez. O espanhol, então, seguiu direto para os boxes da Yamaha.
 
Com 1min45s737, Dovizioso passou Márquez e assumiu o comando da sessão, 0s007 melhor que o rival da Honda. Viñales também foi melhor e se instalou em terceiro.
 
Os boxes, então, voltaram a ganhar movimentação antes do ataque final à tabela de tempos. Dovizioso liderava, à frente de Márquez, Viñales, Lorenzo, Aleix, Petrucci, Crutchlow, Pedrosa, Pol e Rossi.
 
Faltando pouco mais de seis minutos para o fim, Márquez teve uma queda na curva 10 e acabou com a RC213V caída no meio da pista. O líder do Mundial logo se levantou, pegou a moto e voltou para a pista.
 
Ao mesmo tempo, Rossi saltou para o sexto posto, 0s381 atrás de Dovizioso.
 
Na sequência, foi Pedrosa quem foi ao chão. O #26 foi arremessado violentamente da RC213V na curva 11 de Motegi. O espanhol deixou a pista de carona, mostrando que sentia dores no ombro.
 
Pouco depois, foi Laverty quem caiu. O norte-irlandês foi ao chão na curva seis e, não bastasse o high-side, ainda foi atingido pela moto. O piloto da Aspar foi removido de maca.
 
Alheio ao drama desses minutos finais, Rossi superou por 0s053 a marca de Dovizioso e assumiu o comando da sessão. 
 
Andrea, então, enfiou 0s436 no italiano, mas não ficou com a ponta, já que Viñales passou 0s241 melhor. Aleix também foi mais rápido e se instalou em terceiro. Rossi melhorou sua marca na sequência, mas sem mudar de posição. Lorenzo seguiu a moda e passou para quarto, 0s006 à frente do companheiro de Yamaha.
 
Márquez também entrou na brincadeira, anotou 1min45s303 e assumiu o segundo posto, 0s055 atrás de Viñales. Dovizioso era o terceiro, à frente de Crutchlow, Aleix, Lorenzo e Rossi.
 
Com o cronômetro travado, Lorenzo virou em 1min45s151 e assumiu a ponta, superando Viñales por 0s097. 
 
Dovizioso tomou o segundo posto na sequência, com Viñales confirmando a terceira posição depois de perder tempo na parcial final de Motegi.
 

MotoGP, GP do Japão, Motegi, 2º Treino livre:

1 99 JORGE LORENZO ESP YAMAHA 1:45.151  
2 4 ANDREA DOVIZIOSO ITA DUCATI 1:45.204 +0.053
3 25 MAVERICK VIÑALES ESP SUZUKI 1:45.248 +0.097
4 93 MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:45.303 +0.152
5 35 CAL CRUTCHLOW ING LCR HONDA 1:45.501 +0.350
6 41 ALEIX ESPARGARÓ ESP SUZUKI 1:45.513 +0.362
7 46 VALENTINO ROSSI ITA YAMAHA 1:45.532 +0.381
8 9 DANILO PETRUCCI ITA PRAMAC DUCATI 1:46.172 +1.021
9 26 DANI PEDROSA ESP HONDA 1:46.227 +1.076
10 44 POL ESPARGARÓ ESP TECH3 YAMAHA 1:46.245 +1.094
11 6 STEFAN BRADL ALE APRILIA GRESINI 1:46.367 +1.216
12 19 ÁLVARO BAUTISTA ESP APRILIA GRESINI 1:46.834 +1.683
13 50 EUGENE LAVERTY IRL ASPAR DUCATI 1:46.853 +1.702
14 8 HECTOR BARBERÁ ESP DUCATI 1:46.876 +1.725
15 68 YONNY HERNÁNDEZ COL ASPAR DUCATI 1:46.981 +1.830
16 45 SCOTT REDDING ING PRAMAC DUCATI 1:47.032 +1.881
17 21 KATSUYUKI NAKASUGA JAP YAMAHA 1:47.135 +1.984
18 43 JACK MILLER AUS MARC VDS HONDA 1:47.244 +2.093
19 53 TITO RABAT ESP MARC VDS HONDA 1:47.972 +2.821
20 76 LORIS BAZ ESP AVINTIA DUCATI 1:48.669 +3.518
21 38 BRADLEY SMITH ING TECH3 YAMAHA 1:48.897 +3.746
22 7 MIKE JONES AUS AVINTIA DUCATI 1:50.955 +5.804
             
RECORDE JORGE LORENZO ESP YAMAHA 1:45.350 164.0 km/h
MELHOR VOLTA JORGE LORENZO ESP YAMAHA 1:43.790 166.5 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 21ºC | pista: 32ºC
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube