carregando
MotoGP

Equipe satélite, LCR diz que ajuda financeira da Dorna “foi fundamental”

Chefe da LCR, Lucio Cecchinello ressaltou as dificuldades impostas às equipes pela pandemia do novo coronavírus. O dirigente elogiou a atuação da Dorna para garantir a sobrevivência das estruturas menores

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Dono da LCR, Lucio Cecchinello exaltou a atuação de Carmelo Ezpeleta em meio à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. O chefe de Cal Crutchlow e Takaaki Nakagami na MotoGP admitiu que a ajuda financeira fornecida pela Dorna, a promotora espanhola, garantiu a sobrevivência do time.
 
Em entrevista ao jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’, Cecchinello recordou as muitas dificuldades financeiras enfrentadas pela LCR ao longo dos anos, mas considerou que, desta vez, a situação é diferente.
Lucio Cecchinello (Foto: LCR)
Paddockast #58
COMO SERIA O GRID DA F1 SEM PILOTOS DA F1?

Ouça:
Spotify | iTunes | Android | playerFM

“Em 2006, quando entrei na MotoGP, pensei que tinha alcançado o máximo na minha vida. Aí, em 2007, barraram o patrocínio das empresas de tabaco. Em 2009, veio a crise econômica e, em 2011, o projeto com Toní Elías não funcionou. Terminamos em último em todas as corridas. Em 2015, o patrocinador CWM nos deixou um rombo de um par de milhões de euros”, recordou. “E agora, quando nós estávamos quase recuperados, chega essa ‘guerra mundial’. Em 2021, nós vamos celebrar 15 anos. Tivemos momentos de crise, mas, desta vez, é realmente difícil”, seguiu. 
 
Lucio contou que a Honda foi compreensiva com a situação e aceitou que a equipe não tinha como honrar os compromissos firmados em contrato. 
 
“Nós pensamos em dois planos: operacional e financeiro. O primeiro: não correr corrida nenhuma este ano. No segundo: fazer uma dezena de corridas. Primeiro, entramos em contato com nossos fornecedores e explicamos que não poderíamos honrar nossos compromissos. A Honda, a HRC, que é uma sócia e uma patrocinadora muito importante para nós, já que financia o programa de Nakagami e parte do de Crutchlow, entendeu que não podíamos continuar com os pagamentos contratuais. No Japão, eles perceberam que a situação na Europa era dramática”, comentou. “E o extraordinário adiantamento das ajudas previstas por parte da Dorna foi fundamental para nossa sobrevivência: pagar os salários das 50 pessoas que temos entre MotoGP, MotoE e todos os departamentos”, elogiou.
 
Por fim, Cecchinello exaltou Ezpeleta e comentou as possibilidades para a temporada 2020 depois de seguidos adiamentos. 
 
“No início, custou para eu me acostumar com a ideia de não correr e de controlar tudo. Mas os problemas foram feitos para serem resolvidos. Carmelo Ezpeleta foi fantástico, não passou uma semana sem um telefonema. Mas qualquer um que já tenha atuado ao lado de Carmelo em termos profissionais fala muito bem dele. Ele é uma pessoa excepcional”, declarou. “Esse período está me fazendo pensar. O trabalho, às vezes, pesa demasiado e nos tira coisas em termos de vida privada. Estou me dando conta de que quando viajo, sinto muita falta das pessoas. Temos de ser cautelosos e realistas. Existe a possibilidade real de que não aconteça nenhuma corrida durante todo o ano, até que a virulência da epidemia diminua. Mas existem indícios positivos na Itália, França ou na Alemanha. E alguns países foram menos afetados, como a Áustria ou a República Tcheca, se mostraram abertos a organizar eventos esportivos, mas com portas fechadas. Com sorte, todos poderemos começar de novo”, encerrou.
 
COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 
☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.