Espargaró admite raiva com atenção centrada em Márquez, mas diz que rival serve como estímulo

Pol Espargaró reconheceu que sente raiva pela atenção da Moto2 se concentrar em Marc Márquez, mas destacou que piloto da Catalunya serve de estímulo. Representante da Pons consentiu que o rival fez por merecer

Pol Espargaró e Marc Márquez tiverem um momento de atrito na temporada de 2012 da Moto2. A dupla espanhola se envolveu em um toque nas voltas finais da etapa da Catalunha, que terminou com uma violenta queda do titular da Pons. O piloto se machucou no acidente e a direção de prova optou por punir o representante da Catalunya com o acréscimo de um minuto ao seu tempo de prova.

A equipe recorreu na FIM (Federação Internacional de Motociclismo), que acatou o pedido do esquadra de Emilio Alzamora e validou o resultado da prova. Contrariada, a Pons recorreu no Comitê Disciplinar da entidade, mas teve seu recurso rejeitado.

Passado o desentendimento, a dupla segue lutando pelo título de 2012 e Marc vê Pol como uma de seus principais adversários. Espargaró soma 129 pontos na temporada, 34 atrás de Márquez, que lidera o Mundial.
 

Espargaró reconheceu que Márquez fez por merecer status que tem (Foto: Pons)


Em entrevista ao diário espanhol ‘As’, Pol afirmou que vencer Márquez serve como estímulo, mas reconheceu que sente um pouco de raiva por toda a atenção na classe intermediária do Mundial de Motovelocidade estar centrada no rival.

“Quando as coisas vão bem, é um estímulo, porque está vencendo o melhor, mas quando vão mal, o vê como um dos seus”, avaliou. “Dá um pouco de raiva que toda a atenção seja concentrada nele. Assim, é legal ganhar porque todos esperam coisas grandes dele”, continuou.

Questionado se sentia tão valorizado quanto Marc, Espargaró reconheceu que o piloto da Catalunya fez por merecer seu status e disse estar trilhando um bom caminho na competição.

“Ele conseguiu grandes coisas e nós ainda temos de ganhar para ter um pouco mais de prestígio”, reconheceu. “Acho que estamos conseguindo competindo com o Marc e ganhando dele. Nós estamos construindo um nome e um lugar no Mundial e estou muito satisfeito.”

O irmão de Aleix Espargaró afirmou, ainda, que foi fácil deixar para trás a polêmica da prova catalã e defendeu que a vitória em Silverstone serviu para evitar uma guerra entre ambos.

“Foi muito fácil resolver. No final, nós resolvemos ganhando em Silverstone de forma contundente: ficando em primeiro em todos os treinos e ganhando uma corrida incrível”, considerou.” Mas, bom, é um tema complicado porque, certamente, voltaremos a nos encontrar em corridas disputadas. A única coisa que pode fazer é respeitar e saber que as vezes tem de perder a posição.”

Por fim, Pol consentiu que é difícil não sentir inveja da posição de Márquez, que já garantiu sua vaga em um time de fábrica da MotoGP em 2013, voltou a destacar a força do adversário e ponderou que ainda chegará sua hora de alcançar a classe rainha.

“Cada um colhe o que planta e Marc fez umas temporadas incríveis e, evidentemente, merece isso. Mas, sim, com certeza há um pouco de inveja de ver que ele tem um contrato com a HRC, que tem uma moto vencedora e que tem um caminho trilhado”, afirmou. “Estou contente porque começo a ver o meu futuro. As coisas estão indo bem e se continuar assim, qualquer dia chegarei na MotoGP”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube