Espargaró confirma ótima forma, supera tempo de Márquez por 0s600 e lidera treino da Moto2 no Japão

Pol Espargaró confirmou o bom desempenho apresentado nos primeiros treinos no Japão e liderou a última atividade livre antes da classificação desta tarde. Espanhol cravou 1min51s192 e bateu Marc Márquez por 0s600

Pol Espargaró prometeu lutar até o fim pelo título da Moto2 apesar das poucas chances e vem mostrando que não estava brincando. Na manhã deste sábado (13) no Japão, o piloto da Pons cravou 1min51s192 na melhor de suas 21 voltas em Motegi e bateu Marc Márquez, o líder do Mundial, por 0s600.

Espargaró vem mostrando um ótimo ritmo em Motegi (Foto: MotoGP)

O último treino livre em Motegi foi marcado por um incidente entre Márquez e Mika Kallio. Ainda nos primeiros minutos da atividade, o finlandês foi para cima do espanhol na curva 8 e deixou o rival sem espaço. O piloto da Marc VDS, no entanto, acabou levando a pior e sofreu uma forte queda.

O companheiro de Scott Redding se levantou normalmente e ficou reclamando da postura de Márquez. Após uma passagem pelos boxes da equipe, o piloto foi ao centro médico do circuito para examinar seu braço, já que se queixava de dores.

O titular da Catalunya liderou os primeiros minutos da sessão, mas não demorou a ser batido por Espargaró. Márquez ainda conseguiu baixar seu tempo de volta, mas o representante da Pons se mostrava imbatível e seguia melhorando seus tempos, impossibilitando qualquer reação do adversário.

Com o cronometro praticamente zerado, Bradley Smith anotou 1min51s983 e assumiu o terceiro posto, sendo seguido por Scott Redding, que também bateu Tito Rabat.

O sexto tempo ficou com Jordi Torres, que anotou 1min52s097 na melhor de suas 18 voltas. Nicolas Terol foi o sétimo, à frente de Julian Simon e Thomas Lüthi. Anthony West completa o top-10.

Eric Granado fechou o último exercício livre no Japão na 31ª colocação. O brasileiro estabeleceu 1min55s290 como sua melhor marca na atividade, 4s098 atrás do tempo de Espargaró. O piloto da JiR, entretanto, deu apenas quatro voltas na sessão. 
 

Saiba como foi o terceiro treino da Moto2 no Japão:
 
Os 45 minutos de treino da Moto2 começaram movimentados em Motegi. Márquez assumiu a ponta logo nos primeiros minutos da atividade ao registrar 1min51s995. Kallio vinha em segundo, seguido por Simon e Takaaki Nakagami.
 
Espargaró logo conseguiu se recuperar de uma rápida escapada e assumiu o terceiro posto ao registrar 1min52s921. 
 
Na curva oito do circuito nipônico, Kallio dividiu com Márquez e deixou o espanhol sem espaço. O piloto da Marc VDS acabou levando a pior e sofreu uma forte queda. O finlandês se levantou e ficou reclamando da postura de Marc, que conseguiu seguir no treino sem problemas. 
 
Após melhorar sua marca e anotar 1min51s901, o piloto da Catalunya foi aos boxes da Catalunya para trabalhar no acerto da Suter. Espargaró seguia em segundo, com Simon em terceiro e Redding em quarto. 
 
Perto de 20 minutos para o fim da sessão, Rabat vinha baixando todas as parciais de Motegi, mas perdeu no último trecho e não conseguiu bater a marca de Márquez. O espanhol se instalou no segundo posto, 0s224 atrás do piloto da Catalunya.
Márquez saiu ileso de um incidente com Mika Kallio (Foto: MotoGP)
Quem conseguiu melhorar foi Espargaró, que cravou 1min51s425 e bateu o tempo de Marc por 0s476. Na sequência, Rabat sofreu uma queda em Motegi, mas, com a ajuda dos comissários, conseguiu retornar à sessão. 
 
Faltando pouco mais de dez minutos para o encerramento da última sessão de treinos livres no Japão, Granado tinha a 31ª colocação. O brasileiro tinha completado apenas quatro voltas no circuito e tinha como melhor marca 1min55s742.
 
Enquanto Espargaró liderava seguido por Márquez, Redding seguia na pista melhorando suas marcas. O piloto da Marc VDS anotou 1min51s986 e assumiu a terceira posição, à frente de Rabat, Simon, Torres, Lüthi, Terol, De Angelis e Elías.
 
Com pouco menos de dois minutos para o fim da atividade, Pol baixou seu tempo para 1min51s384 e estabeleceu um novo recorde para o circuito. A marca anterior – 1min52s067 – tinha sido estabelecida por Márquez no ano anterior. 
 
Smith também conseguiu ser mais rápido antes da bandeira quadriculada e assumiu o terceiro posto, à frente de Rabat.
 
Antes de encerrar o treino, Espargaró cravou 1min51s192 e garantiu a ponta da sessão, com 0s600 de vantagem para Márquez.

Moto2, GP do Japão, Motegi, 3º Treino Livre:

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube