MotoGP

Estreante, Bagnaia fala em primeiro dia satisfatório com Pramac e se impressiona com MotoGP

Francesco Bagnaia deu suas primeiras voltas em cima de uma MotoGP e já mostrou boa adaptação. Estreando na Pramac em 2019, o campeão da Moto2 falou em um primeiro dia positivo em Valência, e não escondeu a animação com a potência da moto
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Francesco Bagnaia (Foto: Pramac)
Francesco Bagnaia mostrou que chegou com o pé direito à MotoGP. No primeiro dia de treinos coletivos, se colocou como o melhor novato do grid, e claro que não escondeu a animação com a “impressionante” moto que guiou.
 
Valência tem sido o palco dos primeiros treinos pré-temporada. Passando a defender a Pramac em 2019, o italiano fechou a abertura dos ensaios como o 11º mais rápido, sendo apenas 0s980 mais lento que o primeiro colocado.
Francesco Bagnaia (Foto: Pramac)
Com a rápida adaptação, o piloto afirmou que “a moto é impressionante. Foi a primeira coisa que falei quando voltei aos boxes. É realmente impressionante, acho que é algo que você nunca se acostuma”, avaliou.
 
Entretanto, a chuva apertou com duas horas para o encerramento da sessão, o que acabou desanimando um pouco o trabalho na pista. Mas isso não tirou a animação do piloto, que afirmou que agora vai focar o segundo dia de treinos nos ajustes da moto.
 
“Infelizmente a chuva nos parou com apenas 38 voltas. Mas estou realmente muito satisfeito com nosso primeiro dia. Honestamente, apenas tentamos dar o máximo de voltas possível. Vamos começar agora a olhar para a olhar para o ajuste”, concluiu.