Ex-chefe da Honda vê Lorenzo em “situação muito embaraçosa” e alfineta: “Quando abre a boca, erra”

Agora ex-chefe da Honda, Livio Suppo disparou contra Jorge Lorenzo e avaliou que o espanhol está em uma situação embaraçosa após ter sido superado por Andrea Dovizioso na temporada 2017. Dirigente avaliou que o #99 não é bom se comunicando

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Livio Suppo é uma caixinha de surpresas. Depois de surpreender ao anunciar sua saída da Honda um dia após Marc Márquez conquistar o tetracampeonato da MotoGP pela marca, o agora ex-dirigente volta a espantar, desta vez por criticas dirigidas a Jorge Lorenzo.
 
Falando à publicação italiana ‘Moto.it’, Suppo lembrou sua época como dirigente da Ducati e lembrou que Lorenzo foi um dos responsáveis pela saída de Casey Stoner da equipe de Bolonha.
Livio Suppo (esq.) criticou Jorge Lorenzo (Foto:Michelin)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Em 2009, a Ducati o queria a todo custo”, recordou. “Para mim, era um erro, pois não achava que ele queria sair [da Yamaha]. Aí, a oferta se tornou conhecida, e Stoner se irritou. Foi uma das razões de sua saída”, seguiu.
 
“Lorenzo é um piloto tão forte sobre a moto como débil em comunicação”, disparou. “Em momentos difíceis, quando ele abre a boca, na maioria das vezes se equivoca. Ele não é bom se comunicando”, frisou.
 
Ainda, Suppo considerou que a contratação de Lorenzo pela Ducati é fruto de uma decisão de Gigi Dall’Igna, que tinha trabalhado com o piloto nas categorias menores, mas avaliou que o #99 ficou em uma situação “muito embaraçosa” ao ser superado pelo piloto que custou menos dinheiro.
 
“Lorenzo chegou à Ducati como salvador da pátria. Gigi disse que o queriam para brigar pelo título e o fizeram com o que não gastaram dinheiro”, comentou. “Lorenzo está em uma situação muito embaraçosa. Se no próximo ano, Dovi volta a batê-lo, seu valor de mercado vai cair e não sei o que poderia acontecer”, concluiu.
“CHORAVA COMO UM BEBÊ”

FÉLIX DA COSTA REVELA TRISTEZA APÓS PERDER CHANCE NA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube