Quartararo ignora dor de queda e comanda com folga segundo treino em Silverstone

Apesar de ter machucado o tornozelo em uma queda no início da sessão, o francês garantiu o melhor tempo no segundo treino livre para o GP da Grã-Bretanha com 0s512 de margem para Jack Miller. Jorge Martín fecha o top-3

Marc Márquez sofreu forte queda no fim do TL1 em Silverstone (Vídeo: Reprodução/Fox)

A história quase se repetiu, mas com um protagonista diferente. Assim como Marc Márquez comandou o treino matutino mesmo com uma queda, Fabio Quartararo conseguiu ignorar a dor no tornozelo resultante de um tombo para comandar com sobras a tarde de sexta-feira (27) em Silverstone.

O piloto da Yamaha caiu ainda no primeiro terço da segunda sessão de atividades para o GP da Grã-Bretanha e deixou a pista mancando. Ainda assim, voltou e tratou de ser mais e mais rápido para estabelecer em 1min59s317 a melhor marca do dia, 0s512 melhor que Jack Miller, o segundo colocado.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Fabio Quartararo comandou o treino desta tarde (Foto: Yamaha)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Jorge Martín ficou com o terceiro tempo, à frente de Pol Espargaró. Marc Márquez ficou em quinto, seguido por Francesco Bagnaia e Aleix Espargaró, que terminou o treino irritado com o irmão caçula, que acabou por atrapalhar sua derradeira volta.

Brad Binder garantiu o oitavo tempo, com Álex Rins e Valentino Rossi completando a relação dos dez mais rápidos nesta tarde.

A largada do GP da Grã-Bretanha de MotoGP, em Silverstone, está marcada para as 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

WEB STORY
Fatos e curiosidades do GP da Grã-Bretanha de MotoGP

Saiba como foi o segundo treino da MotoGP para o GP da Grã-Bretanha:

A tarde em Northamptonshire começou com frio e céu nublado. Quando a MotoGP voltou para a pista para o treino desta tarde, os termômetros mediam 16°C, com o asfalto chegando a 23°C. A umidade relativa do ar estava em 69%, com o vento soprando a 6 km/h.

Tarde em Silverstone começou com frio e céu nublado (Vídeo: MotoGP)

Aleix Espargaró começou a sessão na liderança, 0s061 melhor que Jorge Martín. Iker Lecuona era o terceiro, com Jack Miller e Joan Mir fechando o top-5 em Silverstone.

Ao completar a primeira volta, porém, Fabio Quartararo foi a 2min02s447 e assumiu a liderança, abrindo 0s037 de vantagem para o mais experiente dos pilotos da Aprilia.

Aleix respondeu com 2min00s670 e retomou a ponta, 0s140 melhor que Johann Zarco. Martín, Álex Rins, Mrc Márquez, Takaaki Nakagami, Álex Márquez e Iker Lecuona também conseguiram passar o tempo de Fabio.

Na sequência, o francês da Yamaha caiu na curva 8 de Silverstone e ficou com o pé meio preso na YZR-M1. Por causa do impacto, Quartararo ficou uns instantes no asfalto até receber a ajuda dos fiscais, mas deixou a pista mancando, visivelmente com dores no tornozelo esquerdo.

Fabio Quartararo caiu e saiu mancando após acidente no segundo treino livre (Vídeo: Reprodução/Fox Sports)

Enquanto isso, Aleix melhorou até chegar em 2min00s467 e sustentou o comando, agora com 0s269 de margem para Pol Espargaró, o segundo colocado. Zarco vinha em terceiro.

Fora da pista, Quartararo voltou a subir na M1 e tentou ligar a moto, mas não conseguiu. Ele, então, pegou uma carona com os fiscais de volta aos boxes.

Quando o primeiro terço da sessão chegou ao fim, Aleix permanecia na primeira posição, agora com 2min00s467, 0s269 melhor que o irmão mais novo. Zarco era o terceiro, diante de Bagnaia e Marc Márquez.

A primeira parte do TL2 também foi marcada por um tombo de Álex Márquez, o segundo do fim de semana. Desta vez, o espanhol caiu no trecho entre as curvas Maggotts e Becketts, justamente onde o irmão caiu mais cedo.

Álex Márquez caiu no mesmo lugar que o irmão se acidentou mais cedo (Vídeo: MotoGP)

Depois de uma passagem pelo escritório da Yamaha, Quartararo voltou aos boxes e foi imediatamente para a pista. ‘El Diablo’ tinha descido para a 19ª colocação, 1s980 atrás do líder.

Miller, por outro lado, saltou para a terceira colocação, 0s317 atrás de Aleix. Zarco e Bagnaia formavam uma sequência de Ducati, com Marc Márquez em sexto.

Fabio cravou 2min01s551 e subiu para 15º, 1s084 atrás do líder. Danilo Petrucci também tinha sido melhor e tinha a 13ª colocação.

Jack, aliás, também vinha mais rápido e tomou o segundo posto, 0s262 atrás de Aleix. A posição, contudo, foi breve. Com 2min00s138, Quartararo assumiu a liderança, superando o rival da Aprilia por 0s329.

Mesmo dolorido, Fabio Quartararo mostrou ótima forma em Silverstone (Vídeo: MotoGP)

Instantes depois, na 11ª volta, Marc Márquez foi a 2min00s690 e assumiu o terceiro posto, 0s552 atrás de Quartararo. Miller caiu para quarto, acompanhado por Pol Espargaró e Zarco.

Com um pneu macio na frente e um médio atrás, Fabio foi a 2min00s132, ampliando para 0s335 a margem na liderança da sessão.

Depois de uma última rodada de pit-stops, os pilotos voltaram para a pista para um ataque final à tabela de tempos. Nakagami foi o primeiro a conseguir um bom avanço e subiu para sétimo, 0s738 atrás de Quartararo.

Miller também conseguiu ser mais rápido e se instalou em segundo, 0s078 atrás do líder. Pol Espargaró veio em seguida e tomou a segunda colocação do australiano. Álex Rins subiu para sexto, com Joan Mir se instalando em décimo.

Aleix e Pol Espargaró tiveram um desentendimento no fim do TL2 (Vídeo: MotoGP)

Com pouco mais de um minuto para o fim da sessão, Quartararo abriu outra boa volta para chegar em 1min59s317 e levar para 0s718 a margem em relação a Pol Espargaró. Mais atrás, Valentino Rossi saltou para décimo.

Com a bandeira quadriculada tremulando, Miller tomou o segundo posto, seguido por Jorge Martín. Brad Binder subiu para oitavo, à frente de Rossi e Iker Lecuona.

LEIA TAMBÉM
Fim triste mostra que relação entre Viñales e Yamaha deveria ter acabado antes
Binder arrisca na chuva e encerra jejum de um ano com vitória corajosa na Áustria
De pódio à suspensão: Yamaha vai do céu ao inferno na rodada do Red Bull Ring
Suzuki põe atualizações para funcionar, e Mir ganha fôlego. Rins ainda titubeia
Bagnaia mostra força em briga por título, mas precisa encontrar primeira vitória
Zarco cai em momento crucial da temporada e se afasta da briga pelo título
WEB STORY: Sete vencedores em 11 GPs: um retrato da temporada 2021 da MotoGP

MotoGP 2021, GP da Grã-Bretanha, Silverstone, Treino Livre 2:

1F QUARTARAROYamaha1:59.317 
2J MILLERDucati1:59.829+0.512
3J MARTÍNPramac Ducati1:59.939+0.622
4P ESPARGARÓHonda2:00.035+0.718
5M MÁRQUEZHonda2:00.051+0.734
6F BAGNAIADucati2:00.102+0.785
7A ESPARGARÓAprilia Gresini2:00.219+0.902
8B BINDERKTM2:00.315+0.998
9A RINSSuzuki2:00.392+1.075
10V ROSSISRT Yamaha2:00.400+1.083
11I LECUONATech3 KTM2:00.413+1.096
12E BASTIANINIAvintia Ducati2:00.548+1.231
13J MIRSuzuki2:00.725+1.408
14J ZARCOPramac Ducati2:00.810+1.493
15T NAKAGAMILCR Honda2:00.870+1.553
16C CRUTCHLOWYamaha2:00.882+1.565
17L MARINIAvintia VR46 Ducati2:01.058+1.741
18D PETRUCCITech3 KTM2:01.405+2.088
19M OLIVEIRAKTM2:01.412+2.095
20A MÁRQUEZLCR Honda2:01.496+2.179
21J DIXONSRT Yamaha2:01.601+2.284
22L SAVADORIAprilia Gresini2:05.138+5.821

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar