Feliz com mudanças na M1, Lorenzo admite indecisão em relação a chassi para GP do Catar

Segundo colocado nos treinos livres desta sexta-feira (5), Jorge Lorenzo se disse satisfeito com mudanças feitas na M1. Espanhol, entretanto, admitiu dúvida em relação a qual chassi usar no GP do Catar

As imagens do segundo dia de treinos para o GP do Catar
Veja os pilotos que garantiram vaga na fase decisiva da classificação

Batido por Marc Márquez nos instantes finais do terceiro treino livre, Jorge Lorenzo não se mostrou nada desanimado com seu desempenho nos exercícios desta sexta-feira (5) no Catar. O espanhol cravou 1min56s085 na melhor de suas 17 voltas e foi apenas 0s001 mais lento que o novato da Honda. 
 
Animado com o desempenho de sua M1 no circuito de Losail, Jorge se disse satisfeito com as mudanças feitas no protótipo de Iwata, mas reconheceu que ainda está em dúvida em relação a qual chassi utilizar na prova deste domingo. 
Lorenzo admitiu curiosidade com novo formato da classificação (Foto: Yamaha)
“Estou muito feliz com as mudanças que fizemos na moto, porque melhorou muito”, afirmou. “Nos últimos instantes, a pista estava melhor nesta noite, no começo estava muito suja”, comentou, se referindo a areia que tomou conta do traçado nesta sexta. 
 
“Acho que ainda podemos melhorar mais a moto amanhã”, avaliou. “Nós ainda não decidimos qual chassi é melhor: hoje é o novo, ontem era o velho.” 
 
Por fim, Lorenzo também se disse curioso para ver como será o novo treino classificatório, já que a MotoGP introduziu um novo formato nesta temporada. 
 
“Estou muito curioso para ver o que acontece na classificação com a nova fórmula”, comentou. “Nós vamos apenas nos concentrar em fazer quatro voltas rápidas, com a máxima performance que pudermos”, finalizou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube