MotoGP

Fernández bate Lüthi e conquista primeira pole na Moto2 em Barcelona. Baldassarri é 7º

Augusto Fernández brilhou no treino classificatório para o GP da Catalunha. Neste sábado (15), o piloto anotou a marca de 1min44s170, bateu o antigo tempo de Tom Lüthi e alcançou sua primeira posição de honra do grid. Sam Lowes fecha a primeira fila

Grande Prêmio / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Augusto Fernández terminou o sábado (15) de classificação com o pé direito. Na tomada de tempos para o GP da Catalunha, anotou a marca de 1min44s170 e conseguiu sua primeira pole-position na Moto2.
 
As atividades do dia começaram primeiro com o Q1. Em uma sessão bastante movimentada, os nomes que conseguiram avançar para a fase final foram Bo Bendsneyder, Jorge Martín, Iker Lecuona e Nicolò Bulega.
 
Então, o quarteto se juntou aos outros dez pilotos para brigarem pela posição de honra do grid. O início dos últimos quinze minutos de treino foi bastante movimentado, com a primeira colocação da tabela passando por diversas mãos.
 
Até que, em determinado momento, Fernández conseguiu bater o tempo de Tom Lüthi e dali não saiu mais, conseguindo o primeiro posto do grid. Sam Lowes é quem fecha a primeira fila da saída do domingo.
 
O GP da Catalunha de Moto2 está marcado para o domingo, às 7h20 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO.
Augusto Fernández (Foto: Reprodução)
Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?



Bendsneyder, Martín, Lecuona e Bulega brilham para avançar ao Q2

A classe intermediária do Mundial de Motovelocidade foi a última a entrar na pista neste sábado. Quando foram ao traçado para o Q1, os termômetros indicavam 26ºC, com o asfalto atingindo incríveis 50ºC. O vento soprava a 8 km/h.
 
O primeiro grupo então deixou os boxes e deu o pontapé inicial na classificação. Com as primeiras voltas rápidas sendo concluídas, os nomes começavam a surgir na tabela de tempos.
 
O primeiro piloto que apareceu na ponta foi Brad Binder com 1min45s931. O piloto era seguido por Tulovic, Cardelus, Chantra, que completavam os nomes que avançariam ao Q2 posterior.
 
Mas as coisas estavam mudando rapidamente em Barcelona. Com oito minutos para o final, Masià era quem estava em primeiro, com Bendsneyder, Bulega e Manzi vindo na sequência.
 
Enquanto isso, Bezzecchi sofria um forte acidente na curva 13. O piloto acabou derrapando e foi para a caixa de brita. Quando os fiscais estavam tirando sua moto, o piloto os impediu, querendo voltar para o traçado.
 
Na pista as coisas continuavam animadas. Bendsneyder tratou de saltar para a ponta ao cravar 1min44s662. Martín vinha em segundo com um tempo apenas 0s006 inferior do ponteiro. Aegerter e Vierge fechavam o top-4.
 
Bandeira quadriculada tremulou em Barcelona e a ordem vista na tabela era Bendsneyder em primeiro, seguido por Martín, Lecuona e Bulega, com o quarteto avançando para a fase final da tomada de tempos.
 
Fernández segura adversários e consegue primeira pole no GP da Catalunha
 
O quarteto então se juntou aos demais pilotos para brigarem pela pole-position. Com o cronômetro rodando para os últimos 15 minutos, o primeiro nome a ficar com a posição de honra provisória foi Gardner.
 
Entretanto, as coisas rapidamente mudaram no circuito catalão, com Lüthi rapidamente superando o adversário para ficar em primeiro. Márquez era o piloto que fechava a primeira fila, mas logo foi batido por Fernández.
 
As coisas estavam bastante movimentadas na briga pela posição de honra do grid. A ponta havia mudado de mãos, mas o suíço a retomou logo depois. Locatelli vinha em segundo, com Gardner fechando o top-3.
 
Mas logo Navarro tratou de superar Tom para ficar com o primeiro posto da tabela. O espanhol anotou a marca de 1min44s211, 0s079 mais rápido que o #21.
 
Só que perto do fim, foi a vez de Fernández superar os adversários para se colocar como o nome a ser batido em Barcelona. O piloto anotou 1min44s170 e assumiu a pole-position provisória.
 
Com menos de dois minutos para encerrar as atividades, Fernández vinha em primeiro, com Lüthi, Navarro, Di Giannantonio, Márquez, Baldassarri, Bulega, Locatelli, Bastianini e Gardner completando o top-10.
 
Encerrado tudo na classificação do GP da Catalunha, Fernández conquistou sua primeira pole-position na Moto2. Lüthi e Loews completam a primeira fila de largada. Navarro, Di Gianantonio e Márquez vem depois.



Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.