Fernández lidera primeiro dia de treinos livres da Moto3 do GP da Catalunha

Com tempo de 1min48s853 ainda no primeiro treino, o espanhol liderou os treinos combinados em Barcelona. Jaume Masià e Romano Fenati completaram o top-3 do dia

Raúl Fernández começou o fim de semana do GP da Catalunha como líder. Nesta sexta-feira (25), em Montmeló, o espanhol anotou a marca de 1min48s853 ainda no primeiro treino para terminar o primeiro dia de treinos da Moto3 como o mais rápido.

Em seu último giro no segundo treino do dia, Jaume Masià foi apenas 0s281 mais lento que o ponteiro para se colocar em segundo e liderar o TL2. Romano Fenati cresceu na parte final do primeiro treino livre e garantiu a terceira colocação da tabela.

Tony Arbolino começou o dia forte e liderou grande parte da primeira sessão em Barcelona, mas teve de se contentar com a quarta posição do dia. Darryn Binder encerrou os cinco mais rápidos da abertura das atividades.

John McPhee terminou a sexta-feira em sexto, enquanto Albert Arenas, líder da classificação, foi sétimo. Nicolo Antonelli, Carlos Tatay e Kaito Toba encerraram a lista dos dez primeiros colocados do primeiro dia de treinos do GP da Catalunha.

Raúl Fernández, Moto3 2020, GP da Catalunha, Treino
Raúl Fernández foi líder e anotou a melhor marca ainda no primeiro treino (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Na abertura das atividades do GP da Catalunha da Moto3, Tony Arbolino foi o primeiro a assumir a ponta da tabela. O italiano chegou a ser superado por Romano Fenati e Raúl Fernández, mas em seu quarto giro anotou 1min50s850 e retomou a ponta, sendo o primeiro na casa de 1min50s.

Com 25 minutos restantes no cronômetro, os pilotos começaram a se direcionar para os boxes. O competidor da Snipers seguia na primeira colocação, com marca 0s598 inferior a Albert Arenas, segundo colocado. Fernández completava o top-3 do momento.

A sessão caminhava para o fim e Arbolino seguia com a primeira colocação da tabela. Com 13 voltas completadas, Pawi, Nicolò Antonelli e Darryn Binder eram os pilotos com mais giros feitos, enquanto Celestino Vietti e Fernández, com apenas dez, os que menos rodaram.

Nos minutos finais, Raúl anotou 1min38s852, o primeiro na casa de 1min48s e 0s720 mais veloz que o segundo colocado. Em comparação com o quinto, Arbolino, tinha 1s175 de vantagem.

Com bandeira quadriculada, Fernández encerrou a parte da manhã como o mais rápido, com Fenati vindo na sequência. Arbolino, Jaume Masià e John McPhee trataram de fechar o top-5 do primeiro treino na Catalunha.

Pista reaberta e os pilotos da Moto3 reiniciaram as atividades da sexta-feira em Montmeló. Assim como mais cedo, Arbolino era o líder da tabela com 1min49s952, seguido por McPhee e Andrea Migno.

Nos minutos iniciais, Fernández sofreu um susto ao balançar em cima da moto, mas conseguiu manter o equilíbrio. Pouco depois, Vietti e McPhee protagonizaram quedas, mas saíram ilesos dos incidentes. Gabriel Rodrigo, Stefano Nepa e Arbolino também se juntaram a dupla e foram ao chão, logo retornado à sessão.

A sessão entrava para sua fase final e grande parte dos competidores estava nos boxes. Darryn Binder saltou para a primeira colocação com 1min49s650, tempo anotado na nona de dez voltas completadas pelo sul-africano.

Já nos tempos combinados de ambas as sessões, era Fernández quem ainda estava na primeira colocação da tabela. Dos dez primeiros colocados, apenas Binder tinha melhorado sua marca na segunda atividade do dia.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube