FIM anuncia equipes inscritas para 2022 e confirma envolvimento da Yamaha na Moto2

A FIM (Federação Internacional de Motociclismo) divulgou nesta quinta-feira (23) a lista as 15 equipes inscritas em Moto3 e Moto2 e revelou novidades para o próximo ano. A maior novidade é o envolvimento da Yamaha com a classe intermediária em uma parceria com a VR46

Moto3 e Moto2 contarão com 15 equipes cada na temporada 2022 do Mundial de Motovelocidade. A FIM (Federação Internacional de Motociclismo) divulgou nesta quinta-feira (23) quais times foram aceitos para o próximo ano e, além da já anunciada chegada de uma equipe comandada por Michael Laverty, a principal novidade é o envolvimento da Yamaha com a classe intermediária.

A partir do próximo ano, a marca dos três diapasões vai se instalar na Moto2 em parceria com a VR46 de Valentino Rossi. No entanto, não se trata de uma fusão entre a fábrica e a equipe atual do multicampeão, mas uma nova estrutura que levará a marca do Master Camp, uma iniciativa da montadora para apoiar jovens talentos.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Moto3 terá 15 equipes na temporada 2022 (Foto: Ajo)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

O treinamento da Yamaha é voltado para pilotos de várias nacionalidades. Em agosto passado, por exemplo, o brasileiro Humberto Maier, conhecido como Turquinho Jr., participou do programa ao lado dos espanhóis Unai Orradre e Ike Garcia Abella, do turco Nahattin Sofuoglu, e do britânico Fenton Harrison Seabright.

Outra novidade é a chegada da Vision Track à Moto3, uma equipe do piloto veterano Michael Laverty que ter por objetivo fomentar o motociclismo britânico, já que vai contar majoritariamente com pilotos, engenheiros e técnicos ingleses. É uma espécie de segundo passo da Academia MLav do norte-irlandês.

Além disso, a lista mostra a ausência da Gresini na Moto3, resultado do foco no projeto da MotoGP. Assim, entra em cena a equipe MTA, do ex-piloto Alessandro Tonucci, que corre no Mundial Júnior de Moto3.

A lista divulgada pela FIM não confirma o equipamento que será utilizado pela maioria das equipes, salvo exceções como a Aspar, que será equipada pela GasGas na Moto3; Ajo e Tech3, clientes da KTM categoria menor; Team Asia, que será atendido pela Honda nas duas classes; Forward, que é uma equipe MV Agusta; e RW, que conta com chassis NTS.

Cada uma dessas equipes contará com dois pilotos, o que significa um grid de 30 competidores em cada uma das categorias. O nome dos escolhidos, porém, será divulgado somente em novembro, no fim de semana do GP da Comunidade Valenciana.

Moto3 2022, Equipes:

1Avintia Academia de Pilotos VR46
2RBA
3CIP
4Aspar GasGas
5Team Asia Honda
6Leopard
7MSI
8PrüstelGP
9Red Bull KTM Ajo
10Red Bull KTM Tech3
11Snipers
12Sic58
13MAX
14MTA
15Vision Track

Moto2 2022, Equipes:

1American
2VR46
3Aspar
4Marc VDS
5Pons
6Team Asia Honda
7Italtrans
8IntactGP
9MV Agusta Forward
10RW NTS
11SAG
12Red Bull KTM Ajo
13Speed Up
14Gresini
15Yamaha VR46 Master Camp

MotoGP volta às pistas no próximo dia 3 de outubro para o GP das Américas, em Austin, no Texas. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

VEJA TAMBÉM
Como fica o grid da MotoGP para a temporada 2022?
Marc Márquez atende chamado de mãe e surpreende fã mirim em Misano
Bagnaia corta 5 pontos da vantagem de Quartararo na MotoGP. Veja classificação
Bagnaia vai da explosão à sobrevivência e gabarita de novo na pós-graduação da MotoGP
Quartararo mantém alto nível e se permite queimar gordura na reta final da MotoGP 2021
Bastianini brilha em Misano e mostra que Ducati tem mais um diamante nas mãos na MotoGP

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar