Foto: apesar de atraso no projeto, Honda testa versão de produção da RC213V no circuito de Motegi

Mesmo admitindo atraso no projeto da versão de produção da RC213V, a Honda testou a nova moto em Motegi no fim da semana passada. Moto terá um custo de até € 1 milhão

Nos últimos dias 23 e 24, a Honda esteve no circuito de Motegi para completar o primeiro teste com a versão de produção da RC213V. O novo projeto é uma alternativa apresentada pela fábrica nipônica para as atuais CRT, motos que contam com chassis artesanais e motores derivados de produção. 
Versão de produção da RC213V foi testada em Motegi (Foto: Honda)
A Honda já admitiu que o projeto desta nova moto está atrasado, mas pretende apresentar os detalhes desta versão de produção até o fim do ano. A expectativa é que as equipes clientes possam testá-la já no exercício coletivo de Valência, que abre os trabalhos para a temporada 2014. 
 
“Os resultados dos testes mostraram mais do que nós estávamos esperando, em especial, com sua performance de corrida”, comentou Shuhei Nakamoto, vice-presidente da HRC. “Neste estágio, não podemos anunciar o nome ou a especificação, mas teremos a oportunidade de anunciar os detalhes em um futuro não muito distante”, completou. 
 
A Honda ainda não confirmou detalhes deste projeto, mas ele deve ter um custo de até € 1 milhão (cerca de R$ 2,6 milhões).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube