Bagnaia admite “dúvidas” com pacote da Ducati, mas diz: “Aumentamos nível da moto”

Líder do primeiro dia de testes da MotoGP no Catar, Francesco Bagnaia não saiu 100% satisfeito, mas considerou que a Ducati conseguiu aumentar o nível de performance da Desmosedici. Ainda assim, o italiano está descontente com o comportamento da moto na freada

Francesco Bagnaia assumiu que ainda tem “algumas dúvidas” em relação ao pacote da Ducati para a temporada 2024 da MotoGP. Mesmo assim, o campeão vigente apontou que a marca de Bolonha conseguiu “aumentar o nível de performance da moto”.

Na segunda-feira (19), Bagnaia fechou o primeiro dia de testes da MotoGP na ponta da tabela, com a melhor de 51 voltas em 1min52s040. Segundo colocado, Jorge Martín foi 0s220 mais lento.

Nesta fase final de ajustes para o campeonato que se avizinha, Pecco ainda trabalha na seleção da carenagem, mas se diz contente com o que viu até aqui.

“No geral, estou feliz”, disse Bagnaia. “Conseguimos fazer realmente um bom trabalho com tudo. Estou feliz também, pois fiz o tempo de volta da classificação do ano passado sem colocar um pneu macio. Com certeza, a pista estava bem rápida na parte final do dia”, seguiu.

VEJA TAMBÉM
▶️
 10 pilotos para ficar de olho na MotoGP 2024

Francesco Bagnaia ainda tem algumas dúvidas no pacote da Ducati (Foto: Divulgação/ MotoGP)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Aumentamos o nível de performance da nossa moto”, avaliou. “Testei a carenagem outra vez. E correu bem. Estou muito feliz com a entrega de potência. Acho que melhoramos a sensação em comparação com a Malásia. Temos de ficar felizes”, ponderou.

Apesar da animação, o campeão vigente não saiu 100% satisfeito do primeiro dia de testes em Lusail.

“Ainda temos algumas dúvidas em algumas áreas, mas temos tempo para trabalhar”, ponderou.

Questionado sobre quais características da GP24 ainda precisam melhorar, Pecco respondeu: “Ela é bem estável, mas, quando você tenta frear, é um pouco pior. Se pudermos adaptar o acerto para isso, então vamos seguir 100% nisso. De qualquer forma, vamos decidir antes [da primeira corrida]”.

Para o dia final de testes em Lusail, Francesco tem um plano claro: “Vamos continuar da mesma maneira que encerramos: com a entrega de potência, para dar outro passo”.

MotoGP segue nesta terça-feira (20) em Lusail, no Catar, para concluir a pré-temporada. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.