Bagnaia espanta azares e vence corrida sprint da MotoGP na Itália. Martín cai e abandona

Francesco Bagnaia tinha perdido duas sprints garantidas nas temporada 2024, mas só na Itália concretizou o serviço e levou a melhor. Marc Márquez ficou em segundo, com Pedro Acosta fechando o pódio. Jorge Martín errou e não terminou a corrida

Francesco Bagnaia finalmente desencantou em corridas sprint na temporada 2024, neste sábado (1), em Mugello. Depois de perder vitórias certas em Portimão e Barcelona, o bicampeão da MotoGP foi impecável e liderou todas as voltas na prova curva da Itália, levando mais 12 pontos para a disputa do campeonato e aumentando a força na reação rumo ao tri.

Marc Márquez novamente garantiu um pódio na temporada 2024. Depois de largada discreta, o espanhol apertou o ritmo a parte final da prova, superou Jorge Martín e ficou com a segunda posição. Pedro Acosta terminou em terceiro e fechou o pódio em Mugello.

Franco Morbidelli foi a grata surpresa do dia e terminou na quarta colocação, acompanhado de Maverick Viñales, Brad Binder, Fabio Di Giannantonio, Álex Márquez, Aleix Espargaró e Raúl Fernández fechando o top-10 no circuito italiano.

Líder do campeonato, Jorge Martín teve um sábado para esquecer. Apesar de ter feito a pole, perdeu a liderança logo na largada e depois se viu sem rendimento durante a corrida. A poucas voltas do fim, errou na curva 1, caiu e abandonou a sprint, saindo zerado da disputa.

Francesco Bagnaia dominou a sprint em Mugello (Foto: Ducati)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

MotoGP volta a acelerar neste domingo (2), a partir de 9h (de Brasília), para o GP da Itália, em Mugello. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Confira como foi a corrida sprint da MotoGP na Itália:

Depois da ameaça de chuva no dia anterior em Mugello, o céu abriu com sol forte e temperaturas de 23ºC no ar e 43ºC na pista. A umidade relativa era de 46%, além de ventos de 2 km/h, mas sem qualquer previsão de pancadas durante a sprint.

Para as 11 voltas da sprint, todos os pilotos da MotoGP escolheram pneu médio para a dianteira e composto macio na traseira.

Na largada, Francesco Bagnaia foi perfeito e assumiu a liderança nos primeiros metros. Enea Bastianini foi no embalo do companheiro e mergulhou por dentro na curva 1 para assumir o segundo lugar, superando Jorge Martín. Brad Binder, que largou muito bem, e Marc Márquez fechavam o top-5.

A largada da corrida sprint em Mugello (Vídeo: MotoGP)

Ainda na primeira volta, Martín forçou uma ultrapassagem em Bastianini, mas levou uma dura fechada. Algumas curvas depois, porém, o espanhol conseguiu a manobra e voltou ao segundo lugar.

No início da segunda volta, Marc Márquez aproveitou o vácuo da longa reta e superou Binder, passando para o quarto lugar. Na frente, Martín tentava encostar em Bagnaia e diminuiu a desvantagem para 0s3.

As primeiras vitímas do dia foram Miguel Oliveira e Fabio Quartararo, que se tocaram e abandonaram. A direção de prova analisou o incidente e decidiu não punir ninguém.

Na abertura do terceiro giro, Bastianini colocou por dentro e tentou superar Martín na curva 1. O espanhol da Pramac tentou o troco, tocou no rival e causou a queda do #23. Enea, porém, voltou para a disputa na última colocação e logo depois recolheu a moto.

Martín e Bastianini se tocaram, com o italiano levando a pior (Vídeo: Reprodução/TNT Sports)

A partir da quarta volta, Bagnaia, Martín e Marc Márquez se distanciaram do restante do pelotão e começaram uma batalha pela vitória. Márquez, inclusive, chegou a passar Martín, mas rapidamente levou o troco.

O sexto giro marcou a ultrapassagem definitiva. Márquez colocou por dentro no final da reta principal e fez tranquila manobra contra o compatriota. Porém, Bagnaia se aproveitou da disputa e abriu 1s1 de vantagem para a dupla.

Mais atrás, Franco Morbidelli foi para o ataque contra Binder e tomou a quinta posição, rapidamente abrindo 0s8 de vantagem para o sul-africano da KTM.

E o pesadelo de Martín continuou em Mugello. A quatro voltas para o fim, o espanhol perdeu o controle da moto na entrada da curva 1, escorregou e foi para o chão, abandonando a disputa e colocando Pedro Acosta em terceiro.

Martín errou no fim da reta principal e abandonou a prova (Vídeo: Reprodução/DAZN España)

A três voltas para o fim, Marc Márquez apertou o ritmo e tirou meio segundo para Bagnaia, deixando a vantagem em apenas 0s8. No giro seguinte, no entanto, o italiano conseguiu neutralizar a pressão e manteve a distância igual.

Mais atrás, Maverick Viñales foi mais um a superar Binder e tomar a quinta colocação da prova.

Na frente, Bagnaia segurou a pressão e foi para a vitória em Mugello, sua primeira em sprint no ano, com Marc Márquez e Acosta completando o pódio.

MotoGP 2024, GP da Itália, Corrida Sprint, Resultado Final:

POSMotoPilotoEquipeDiff
11F BAGNAIADucati11 voltas
293M MÁRQUEZGresini Ducati+ 1.469
331P ACOSTAGasGas+ 4.147
421F MORBIDELLIPramac Ducati+ 5.421
512M VIÑALESAprilia+ 7.693
633B BINDERKTM+ 8.271
749F DI GIANNANTONIOVR46+ 8.571
873A MÁRQUEZGresini Ducati+ 8.846
941A ESPARGARÓAprilia+ 8.984
1025R FERNÁNDEZTrackhouse Aprilia+ 10.085
1172M BEZZECCHIVR46+ 10.199
1243J MILLERKTM+ 13.988
1342A RINSYamaha+ 14.137
1444P ESPARGARÓKTM+ 18.259
155J ZARCOLCR Honda+ 18.309
1630T NAKAGAMILCR Honda+ 19.374
1737A FERNÁNDEZGasGas+ 23.060
1832L SAVADORIAprilia+ 24.596
1910L MARINIHonda+ 25.587
2089J MARTÍNPramac DucatiAbandonou
2136J MIRHondaAbandonou
2223E BASTIANINIDucatiAbandonou
2320F QUARTARAROYamahaAbandonou
2488M OLIVEIRATrackhouse ApriliaAbandonou
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.