Bagnaia sobra e encabeça TL2 da MotoGP em Portugal. Marc Márquez é sexto

Com 1min39s866, o italiano colocou a Ducati no topo da tabela na tarde desta sexta-feira (16). 0s340 atrás, Fabio Quartararo ficou em segundo, escoltado por Joan Mir. Mesmo com susto, Marc Márquez foi 6º

A MotoGP divulgou as primeiras imagens do palco do novo GP da Indonésia (Vídeo: MotoGP)

Francesco Bagnaia colocou a Ducati no topo da tabela de tempos da MotoGP na tarde desta sexta-feira (16) em Portugal. O piloto italiano conseguiu se manter à frente de Fabio Quartararo para ficar com o melhor tempo do dia.

O clima chegou a preocupar no início da sessão, já que a chuva deu as caras em Portimão ainda durante o treino da Moto3, mas os pilotos conseguiram andar em um ritmo mais forte do que nesta manhã.

WEB STORY
⇝ Fatos e curiosidades do GP de Portugal de MotoGP. Com Marc Márquez!

Francesco Bagnaia fez o melhor tempo em Portimão (Foto: Ducati)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Com 1min39s866, Bagnaia assegurou o melhor tempo e ainda aproveitou que Quartararo teve uma volta cancelada para fechar o dia com mais folga em Portugal. Campeão vigente, Joan Mir ficou em terceiro.

Álex Rins garantiu o quarto tempo, seguido por Jack Miller. Marc Márquez levou uma bela sacudida na curva 7, mas se segurou na RC213V da Honda para garantir o sexto tempo, 0s473 atrás do líder.

Maverick Viñales aparece em seguida, com Johann Zarco, Miguel Oliveira e Takaaki Nakagami completando o top-10.

O GP de Portugal, em Portimão, é a terceira etapa da temporada 2021 do Mundial de MotovelocidadeAcompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre a MotoGP.

Saiba como foi o segundo treino da MotoGP em Portimão:

Diferente do que aconteceu mais cedo, o tempo fechou em Portugal. A chuva começou ainda durante o TL2 da Moto3 e estava fininha quando a MotoGP voltou à pista, mas ainda permitindo uso de pneus slicks. A temperatura era de 20°C, com o asfalto chegando a 28°C. A velocidade do vento estava em 11 km/h.

Diferente do que fez mais cedo, Marc Márquez não esperou nada e entrou na pista tão logo o cronômetro passou a contar os 45 minutos de sessão.

Antes mesmo de marcar tempo, Takaaki Nakagami caiu na curva 1 de Portimão e saiu visivelmente dolorido. O macacão do japonês ficou com um rasgo na lateral.

Takaaki Nakagami perdeu o controle da moto, escapou no fim da reta e destruiu a Honda da LCR (Vídeo: MotoGP)

Enquanto isso, Joan Mir começou no topo da tabela, mas logo deu lugar a Fabio Quartararo, que foi 0s410 melhor. Lorenzo Savadori vinha em terceiro, seguido por Jack Miller e Valentino Rossi.

Vencedor do GP de Portugal de 2020, Miguel Oliveira saltou para o segundo posto pouco depois, 0s057 atrás de Quartararo. Álex Márquez também melhorou e emergiu para terceiro.

Sem que Quartararo conseguisse baixar o tempo, Álex Rins avançou para segundo. 0s017 atrás. Joan Mir se instalou em terceiro, à frente de Mir, Oliveira, Álex Márquez, Zarco, Morbidelli, Aleix, Petrucci e Savadori.

Logo depois, Bagnaia apareceu com 1min41s052 para se instalar no cume da sessão em Portugal, 0s116 melhor que Mir. Quartararo caiu para terceiro, escoltado por Mir e Oliveira.

Miguel Oliveira assumiu o comando em meados da sessão (Vídeo: MotoGP)

Calçando a dianteira da RC16 com um pneu duro, Oliveira anotou 1min41s038 e emergiu à primeira posição, só 0s014 à frente de Bagnaia. Mir era o terceiro, à frente de Quartararo, Morbidelli, Viñales, Rins, Marc e Álex Márquez.

Rins logo conseguiu recuperar a liderança, mas ficou pouco na ponta da tabela, já que Quartararo passou 0s030 melhor. Com Oliveira, Bagnaia, Aleix Espargaró e Marc Márquez vindo na sequência, as seis fábricas eram representadas no top-6 do treino.

Já usando um pneu macio na traseira da RS-GP, Aleix Espargaró cravou 1min40s907 e assumiu a liderança, 0s045 melhor que Quartararo.

Com pouco mais de seis minutos para o encerramento da sessão, Oliveira baixou para 1min40s703 e retomou o comando, 0s204 melhor que Aleix. O dono da casa, no entanto, mal se acomodou, já que Mir passou em 1min40s285 e se colocou 0s418 na frente.

Nesta fase final da sessão, a maioria calçou pneus macios na traseira, o que ajudou a movimentar a tabela de tempos. A preocupação era por chuva no TL3, então os competidores foram buscar a vaga direto no Q2 já nesta tarde.

Com 1min39s866, Bagnaia saltou para o topo em Portugal, 0s419 melhor que Mir. Miller vinha agora em terceiro, seguido por Oliveira, Zarco e Pol Espargaró. Quartararo, então, assumiu o segundo posto, reduzindo para 0s412 a margem de Pecco.

O francês da Yamaha foi ainda melhor no giro seguinte, cortando para 0s038 a margem do italiano da Ducati. Mir era agora o terceiro, seguido por Rins, Viñales, Zarco e Oliveira.

Com o cronômetro travado em Portimão, Marc Márquez vinha em ritmo forte, mas levou um sustinho a 160 km/h na curva 7 e, mesmo assim, saltou para a sexta colocação, 0s473 atrás de Pecco.

LEIA TAMBÉM
⇝ Série à la ‘Drive to Survive’ é impulso necessário para expansão da MotoGP
⇝ WEB STORY – Pedro Acosta: a nova pérola do Mundial de Motovelocidade
⇝ Zarco acerta ao confiar na Ducati e dá volta por cima após saída da KTM
⇝ Miller sucumbe à pressão e derrete favoritismo em rodada dupla no Catar
⇝ Novo Marc Márquez? Acosta encanta e ganha protagonismo na Moto3
⇝ Dupla talentosa e poucos erros: como Pramac superou Ducati no Catar
⇝ Longa estadia no Catar afeta termômetro, mas MotoGP 2021 é estonteante
⇝ Martín brilha e vira protagonista da MotoGP após rodada dupla no Catar
⇝ Marc Márquez revê MotoGP com novos nomes e ordem de forças embaralhada

MotoGP 2021, GP de Portugal, Portimão, Treinos livres combinados:

1F BAGNAIADucati1:39.866 
2F QUARTARAROYamaha1:40.206+0.340
3J MIRSuzuki1:40.285+0.419
4A RINSSuzuki1:40.328+0.462
5J MILLERDucati1:40.336+0.470
6M MÁRQUEZHonda1:40.339+0.473
7M VIÑALESYamaha1:40.426+0.560
8J ZARCOPramac Ducati1:40.490+0.624
9M OLIVEIRAKTM1:40.592+0.726
10T NAKAGAMILCR Honda1:40.611+0.745
11A MÁRQUEZLCR Honda1:40.732+0.866
12P ESPARGARÓHonda1:40.743+0.877
13L MARINIAvintia VR46 Ducati1:40.761+0.895
14A ESPARGARÓAprilia Gresini1:40.907+1.041
15V ROSSISRT Yamaha1:41.125+1.259
16L SAVADORIAprilia Gresini1:41.140+1.274
17B BINDERKTM1:41.183+1.317
18D PETRUCCITech3 KTM1:41.187+1.321
19F MORBIDELLISRT Yamaha1:41.216+1.350
20E BASTIANINIAvintia Ducati1:41.836+1.970
21I LECUONATech3 KTM1:42.461+2.595
22J MARTÍNPramac Ducati1:42.921+3.055

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar