Bagnaia tem volta cancelada e Quartararo é pole em Portugal. Marc Márquez é 6º

Francesco Bagnaia fez a melhor volta da classificação para o GP de Portugal. O piloto da Ducati, porém, foi punido por não respeitar bandeiras amarelas e caiu para 11º, entregando a pole no colo de Fabio Quartararo. Voltando após lesão, Marc Márquez ficou em sexto

Jorge Martín caiu no fim do terceiro treino livre para o GP de Portugal (Vídeo: MotoGP)

Francesco Bagnaia mostrou-se mais uma vez como força no grid da MotoGP e provou que a Ducati parece imbatível em classificações em 2021. Com 1min38s494, o italiano fez o melhor tempo na classificação para o GP de Portugal, em Portimão neste sábado (17), mas acabou punido por não respeitar uma bandeira amarela. Com isso, a pole cai no colo de Fabio Quartararo, com o piloto da Ducati largando apenas em 11º.

Álex Rins e Johann Zarco, líder do campeonato, fecham a primeira fila do grid. Jack Miller, Franco Morbidelli, Marc Márquez, Aleix Espargaró, Luca Marini, Joan Mir e Miguel Oliveira fecham o top-10. Maverick Viñales completou o grupo que esteve no Q2.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Fabio Quartararo levou a pole em Portugal, mas não saiu tão feliz da classificação (Foto: Divulgação/MotoGP)

WEB STORY
⇝ Fatos e curiosidades do GP de Portugal de MotoGP. Com Marc Márquez!

Por 0s228, Álex Márquez foi barrado no Q1 ficou com o 13º posto no grid, à frente de Pol Espargaró, que levou um capote assustador no quarto treino do dia. Brad Binder vai sair em 15º, à frente de Enea Bastianini, Valentino Rossi, Danilo Petrucci, Iker Lecuona e Lorenzo Savadori.

Com muitas dores por causa da forte queda de sexta-feira, Takaaki Nakagami não entrou na pista para a classificação. Assim, o japonês da LCR Honda ficou com o último posto do grid.

Jorge Martín sofreu uma queda forte no treino desta manhã e acabou declarado inapto pelos médicos para o restante do fim de semana. O espanhol da Pramac Ducati foi levado ao hospital para confirmar suspeita de fraturas.

O GP de Portugal, em Portimão, é a terceira etapa da temporada 2021 do Mundial de MotovelocidadeAcompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre a MotoGP.

Quartararo comanda quarto treino livre em Portugal

Apesar do sol, as temperaturas não subiram tanto nesta tarde em Portimão. Antes do início do quarto treino do fim de semana, os termômetros mediam 24,4°C, com o asfalto chegando a 36,7°C. O vento era apenas uma brisa leve.

Oliveira abriu o último treino livre na liderança e logo baixou o tempo para sustentar a posição. Pouco depois, Quartararo foi a 1min40s080 e se instalou no comando, 0s299 melhor que o dono da casa.

Como aconteceu algumas vezes ao longo do fim de semana, Marc Márquez levou mais uma sacudida, desta vez na curva 14. Apesar de perder brevemente a frente da RC213V, o espanhol se manteve na moto para seguir no treino.

Fabio Quartararo mostrou bom ritmo ao longo do TL4 (Vídeo: MotoGP)

Enquanto isso, Oliveira recuperou a segunda colocação, 0s160 atrás de Quartararo. Zarco era o terceiro, acompanhado por Bagnaia, Morbidelli e Mir.

Alguns minutos mais tarde, Pol Espargaró foi ejetado da moto na curva 15, um tombo muito, muito forte. O catalão, claro, ficou de joelhos na brita, visivelmente com dores, mas levantou com a própria força, apenas se apoiando no ombro de um dos fiscais.

Ainda que lentamente, o piloto de 28 anos saiu da pista andando, sempre escoltado por um dos fiscais de pista.

Pol foi arremessado da RC213V (Foto: Reprodução)

Em se tratando do treino mais importante para a corrida, já que acontece mais ou menos no horário da prova e os pilotos não precisam se preocupar com voltas rápidas, o TL4 viu um desfile de pneus médios, com Quartararo, Oliveira, Mir, Brad Binder e Danilo Petrucci usando os traseiros duros.

Com o coração batendo a 153 BPM, Quartararo baixou para 1min39s846, ampliando para 0s210 a margem em relação a Oliveira. Zarco seguia em terceiro, à frente de Miller, Marc Márquez, Viñales, Mir, Bagnaia, Binder e Morbidelli.

Colando uma volta rápida na outra, Quartararo melhorou para 1min39s788. Mais atrás, Bagnaia saltou para a quarta colocação, 0s062 melhor que Miller, o quinto.

Com pouco mais de nove minutos para o fim, Luca Marini caiu na curva 9, logo após o trecho de descida da pista. Além de uma vasta escorregada, a chegada na brita também fez o piloto da VR46 dar uma série de piruetas. O italiano de Tavullia levantou sozinho e parou uns instantes no fim da área de escape antes de voltar aos boxes.

Luca Marini sofreu uma queda feia já no fim do TL4 (Vídeo: MotoGP)

Na última volta nesta tarde, Viñales foi a 1min40s075 para assumir a quarta colocação, 0s287 atrás de Quartararo.

Com o fim do treino, Quartararo e Oliveira confirmaram o protagonismo, com Zarco, Viñales, Bagnaia, Morbidelli, Álex Márquez, Miller, Marc Márquez e Mir fechando o top-10. 17º, Marini foi o último no mesmo segundo do líder, só 0s977 atrás de Fabio.

Marc Márquez e Mir passam para fase final da classificação

Em um Q1 de vários nomes fortes da MotoGP, quem começou a classificação na ponta foi Mir quem começou na ponta, com 1min39s917, 0s083 melhor que Pol Espargaró. Rossi vinha em terceiro, 0s274 abaixo da linha de corte.

Usando o vácuo de Mir, Márquez baixou para 1min39s253 e saltou para a liderança, 0s146 melhor que o piloto da Suzuki. Álex Márquez era agora o terceiro, seguido por Binder, Pol Espargaró, Enea Bastianini e Rossi.

Marc Márquez usou a referência de Joan Mir para assumir a ponta no Q1 (Vídeo: MotoGP)

Depois de uma rodada de pit-stops, Márquez voltou para a pista de novo marcando Mir. O piloto da Suzuki conseguiu melhorar para 1min39s302, mas manteve o segundo posto, 0s049 atrás de Marc. Mais atrás, Pol Espargaró avançou para a quarta colocação, à frente de Binder, Bastianini e Rossi.

Com a bandeira quadriculada tremulando em Portimão, Márquez e Mir carimbaram o passaporte para a fase final da classificação. Álex Márquez foi barrado nesta primeira fase e vai largar em 13º, à frente de Pol Espargaró, Binder, Bastianini, Rossi, Petrucci, Iker Lecuona e Lorenzo Savadori.

Bagnaia perde volta para bandeira amarela e Quartararo é pole

Diferente do que aconteceu mais cedo, o tempo já parecia mais nublados, com nuvens carregadas no céu do Algarve. Antes da fase decisiva da classificação, a temperatura estava em 23°C, com o asfalto chegando a 35°C. A velocidade do vento estava em 8 km/h.

Quando o cronômetro foi acionado, Marc chegou até a vestir o capacete, mas acabou mudando de ideia, trocou pelo boné e seguiu mais uns minutos na garagem da Honda.

Quartararo abriu a última fase da classificação na liderança, com 1min39s028, 0s424 mais rápido que Aleix Espargaró, o segundo colocado. Johann Zarco vinha em terceiro.

No giro seguinte, Bagnaia anotou 1min39s145 e saltou para segundo, reduzindo para 0s117 a margem de Quartararo. Mir era o terceiro, à frente de Aleix, Viñales e Mir.

Johann Zarco caiu ainda no início do Q2 (Vídeo: MotoGP)

Ainda no início do Q2, Johann Zarco sofreu uma queda no terceiro setor de Portimão. O francês escapou de lesões maiores, mas, claro, teve a sessão atrapalhada.

Morbidelli, então, passou para a terceira colocação, 0s152 atrás de Quartararo. Jack Miller vinha em boa volta, melhorando todas as parciais, mas abortou o giro e voltou as boxes da Ducati.

A direção de prova, então, cancelou a volta de Bagnaia, que não respeitou a bandeira amarela exibida no instante da queda de Johann Zarco. O italiano despencou para a décima colocação, 1s966 atrás de Quartararo.

O mais velho dos Márquez e Rins saíram juntos dos boxes e ficaram um bom tempo lado a lado, sem que nenhum deles quisesse fazer a gentileza do vácuo. Sem muitas opções, Marc foi na frente e tratou de buscar a que seria sua primeira tentativa de pole em nove meses.

Enquanto isso, Quartararo foi a 1min38s862 para abrir 0s318 de vantagem na pole provisória. Miller surgiu na sequência para cortar a margem para 0s199. Morbidelli era o terceiro, escoltado por Marini e Mir.

Bandeira amarela acabou com a volta de Bagnaia (Foto: Reprodução)

Na primeira volta rápida, Marc saltou para terceiro, mas perdeu um posto na sequência, já que Zarco assumiu o segundo lugar, 0s129 mais lento que Fabio.

Com só 4s no relógio, Bagnaia virou 1min38s494 para tomar a liderança de Quartararo por só 0s368. Zarco era o terceiro, seguido por Miller e Márquez.

Já com a bandeira tremulando, Rins saltou para terceiro, com Morbidelli passando Márquez para ser sexto. Aleix Espargaró saltou para oitavo.

Viñales teve uma volta cancelada e acabou e 12º, atrás de Bagnaia, que perdeu o melhor tempo por desrespeitar bandeira amarela resultante de uma queda de Oliveira na curva 9.

LEIA TAMBÉM
⇝ Moreira domina classificação e crava pole em Portimão na estreia na Rookies Cup

MotoGP 2021, GP de Portugal, Portimão, Classificação:

1F QUARTARAROYamaha1:38.862 
2A RINSSuzuki1:38.951+0.089
3J ZARCOPramac Ducati1:38.991+0.129
4J MILLERDucati1:39.061+0.199
5F MORBIDELLISRT Yamaha1:39.103+0.241
6M MÁRQUEZHonda1:39.121+0.259
7A ESPARGARÓAprilia Gresini1:39.169+0.307
8L MARINIAvintia VR46 Ducati1:39.386+0.524
9J MIRSuzuki1:39.398+0.536
10M OLIVEIRAKTM1:39.445+0.583
11F BAGNAIADucati1:39.482+0.620
12M VIÑALESYamaha1:39.807+0.945
13A MÁRQUEZLCR Honda1:39.530+0.668
14P ESPARGARÓHonda1:39.710+0.848
15B BINDERKTM1:39.776+0.914
16E BASTIANINIAvintia Ducati1:39.855+0.993
17V ROSSISRT Yamaha1:39.943+1.081
18D PETRUCCITech3 KTM1:40.202+1.340
19I LECUONATech3 KTM1:40.408+1.546
20L SAVADORIAprilia Gresini1:40.444+1.582
21T NAKAGAMILCR Honda Sem tempo
22J MARTÍNPramac Ducati Sem tempo

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube