Morbidelli deixa Quatararo para trás no fim e lidera treino 3 na Catalunha. Rossi é nono

O ítalo-brasileiro foi 0s046 mais rápido que o francês de Nice já com o cronômetro travado e assegurou a liderança da MotoGP na manhã deste sábado (5). Miguel Oliveira completa o top-3, com Valentino Rossi garantindo vaga direto na fase final da classificação

MotoGP preparou vídeo com imagens da carreira em tributo a Jason Dupasquier (Vídeo: MotoGP)

Franco Morbidelli voltou a se colocar como rival de Fabio Quartararo na Catalunha. O ítalo-brasileiro aproveitou a última de 17 voltas para destronar o piloto da Yamaha e garantir a liderança da MotoGP na manhã deste sábado (5).

Líder da MotoGP 2021, o francês da Yamaha passou a maior parte do tempo como único a baixar para a casa de 1min38s, sustentando uma ampla vantagem no topo da tabela. Aos poucos, porém, os rivais foram encostando, mas foi só com a bandeira quadriculada já tremulando que Morbidelli conseguiu 1min38s929 para assegurar a posição de honra com uma vantagem de 0s046.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Franco Morbidelli foi o mais rápido nesta manhã de sábado (Foto: SRT)

LEIA TAMBÉM
⇝ Itália contrasta melhor e pior do esporte e evidencia força extraordinária de pilotos
⇝ Rins abusa de quedas em momentos cruciais e sai da briga pelo título da MotoGP
⇝ Vale tudo no amor e na guerra? Tática de Marc Márquez causa polêmica na Itália

Miguel Oliveira também mostrou boa forma na sessão e passou alguns bons minutos na liderança, mas acabou em terceiro, 0s122 atrás do líder. Francesco Bagnaia ficou em quarto, com Aleix Espargaró colocando a Aprilia no top-5.

Brad Binder foi 0s237 mais lento que Morbidelli e ficou com o sexto registro, à frente de Maverick Viñales e Joan Mir. Valentino Rossi, que teve um dia bastante discreto na sexta-feira, fez a melhor de 21 voltas em 1min39s426 e garantiu o nono tempo, à frente de Jack Miller.

A largada para o GP da Catalunha, sétima etapa da temporada 2021 da MotoGP, acontece neste domingo (6), às 8h (de Brasília). Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Saiba como foi o terceiro treino da MotoGP na Catalunha:

O sábado da Catalunha amanheceu com sol e temperaturas mais elevadas. Antes do início da terceira sessão de treinos livres em Barcelona, os termômetros mediam 25°C, com o asfalto chegando a 31°C. A velocidade do vento era de 3 km/h.

TL3 começou com sol, calor e pouco vento (Vídeo: MotoGP)

Como sempre, a meta nesta manhã era ficar no top-10 combinado para assegurar o salto para a fase final da classificação. Quando o cronômetro passou a contar os 45 minutos de sessão, os dez provisoriamente mais rápidos eram Johann Zarco, Franco Morbidelli, Fabio Quartararo, Brad Binder, Francesco Bagnaia, Maverick Viñales, Jack Miller, Enea Bastianini, Aleix e Pol Espargaró.

Iker Lecuona abriu o TL3 na cabeça da folha de tempos, mas foi superado por Miguel Oliveira na volta seguinte. Maverick Viñales assumiu o segundo posto, à frente de Bagnaia e Valentino Rossi.

Ainda no começo da sessão, Bastianini caiu na curva 5 do traçado de Montmeló, mas não se machucou e deixou o local do acidente correndo.

Enea Bastianini saiu sem maiores lesões de uma queda no início do TL3 (Vídeo: MotoGP)

Enquanto isso, Oliveira baixou para 1min39s448 para manter a ponta, agora com 0s342 de frente para Viñales. Brad Binder subiu para terceiro, seguido por Morbidelli, Lecuona, Bagnaia, Rossi, Marc Márquez, Quartararo e Aleix.

Destaque na sexta-feira, Morbidelli logo apertou o passo e anotou 1min39s566 para subir para a segunda colocação, 0s118 atrás de Oliveira. Viñales era terceiro, seguido por Bagnaia e Binder.

Depois de uma passagem pelos boxes, Joan Mir saltou para a terceira colocação ao registrar 1min39s705, 0s257 mais lento que Oliveira, que permanecia intocado no topo da tabela.

Joan Mir começou o treino desta manhã sem vaga no top-10 combinado (Vídeo: MotoGP)

Takaaki Nakagami, então, foi a 1min39s498 na 12ª volta nesta manhã e subiu para a segunda colocação, reduzindo para 0s050 a vantagem de Oliveira na ponta. Assim como o japonês, Aleix Espargaró também calçou um pneu traseiro macio e saltou para sétimo, mas Binder seguindo o mesmo roteiro em seguida para pular para quarto.

Quartararo, com um par de pneus novos macios, anotou 1min39s168 e tomou a liderança de Oliveira com a melhor marca do fim de semana. Nakagami, Morbidelli e Aleix Espargaró formavam o top-5 na pista localizada a 20 km de Barcelona, capital da Catalunha.

Fabio foi ainda melhor na volta seguinte, chegando a 1min38s975 para abrir 0s473 de vantagem para o português da KTM. Mais atrás, Johann Zarco também foi mais rápido, mas não o suficiente para avançar da décima colocação.

Fabio Quartararo assumiu a liderança com folga já na reta final do TL3 (Vídeo: MotoGP)

Com pouco mais de 11 minutos para o fim da sessão, Luca Marini anotou 1min40s075 e assumiu o décimo lugar neste TL3, já 1s100 atrás de Quartararo.

Também com um par de pneus macios, Rossi registrou 1min39s844 para saltar para a nona colocação, mas ainda sem vaga no top-10 combinado por apenas 0s081.

Viñales também apertou o passo e pulou para a segunda marca, reduzindo a vantagem de Quartararo para 0s377.

TL3 começou a esquentar nos minutos finais em Barcelona (Vídeo: MotoGP)

Com cerca de sete minutos para o fim do TL3, os pilotos foram aos boxes antes de um ataque final. O top-10 combinado na Catalunha tinha Quartararo, Zarco, Morbidelli, Viñales, Oliveira, Nakagami, Aleix, Binder, Mir e Bagnaia.

Faltando menos de cinco minutos para a bandeirada, a pista voltou a ficar agitada, com marcas coloridas cobrindo a tabela de cronometragem. Mir foi o primeiro a melhorar a subiu para o segundo lugar, ainda com 0s349 de atraso para Quartararo.

Enquanto Lorenzo Savadori caia na curva 4 da pista da Catalunha, Morbidelli foi a 1min39s254 para assumir o segundo lugar, cortando para 0s279 a vantagem de Quartararo. Mir, Viñales e Oliveira completavam o top-5.

Valentino Rossi deixou Jack Miller de fora do top-10 combinado (Vídeo: MotoGP)

Com apenas mais alguns segundos no contador, Oliveira pulou para o segundo lugar, agora com só 0s076 de atraso para Quartararo, que seguia como único a ter alcançado 1min38s.

Já com a bandeira quadriculada tremulando em Montmeló, Binder desembarcou em terceiro, com Mir em quinto, Miller em sétimo, Nakagami em oitavo e Petrucci em décimo.

Bagnaia, então, chegou ao terceiro posto, mas logo caiu uma posição, já que Morbidelli foi 0s046 melhor que Quartararo e tomou a liderança na Catalunha. Aleix Espargaró também melhorou e ficou com o quinto posto, com Valentino Rossi conseguindo vaga na fase final da classificação ao fechar o TL3 com o nono posto.

LEIA TAMBÉM
⇝ Fatos e curiosidades sobre o GP da Catalunha de MotoGP

MotoGP 2021, GP da Catalunha, Barcelona, Treino Livre 3:

1F MORBIDELLISRT Yamaha1:38.929 
2F QUARTARAROYamaha1:38.975+0.046
3M OLIVEIRAKTM1:39.051+0.122
4F BAGNAIADucati1:39.073+0.144
5A ESPARGARÓAprilia Gresini1:39.079+0.150
6B BINDERKTM1:39.166+0.237
7M VIÑALESYamaha1:39.282+0.353
9J MIRSuzuki1:39.324+0.395
9V ROSSISRT Yamaha1:39.426+0.497
10J MILLERDucati1:39.495+0.566
11T NAKAGAMILCR Honda1:39.498+0.569
12P ESPARGARÓHonda1:39.519+0.590
13D PETRUCCITech3 KTM1:39.689+0.760
14M MÁRQUEZHonda1:39.701+0.772
15J ZARCOPramac Ducati1:39.760+0.831
16J MARTÍNPramac Ducati1:39.816+0.887
17I LECUONATech3 KTM1:39.918+0.989
18A MÁRQUEZLCR Honda1:39.928+0.999
19E BASTIANINIAvintia Ducati1:40.075+1.146
20L MARINIAvintia VR46 Ducati1:40.743+1.814
21L SAVADORIAprilia Gresini1:41.180+2.251

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar