Furusawa admite ida à Itália a convite da Ducati, mas diz: “Prefiro uma vida tranquila”

Masao Furusawa, conhecido como pai da M1, admitiu que esteve na Itália a convite da Ducati. Fábrica italiana pediu ajuda ao engenheiro para solucionar os problemas da GP12

Masao Furusawa, o engenheiro que construiu o bem sucedido projeto da M1, da Yamaha, admitiu que foi à Itália a convite da Ducati. A viagem do nipônico, que deixou as pistas em 2010, gerou inúmeros rumores de que a fábrica de Borgo Panigale havia pedido ajuda ao homem de confiança de Valentino Rossi na tentativa de mantê-lo, mas o próprio engenheiro havia dito que viajava a turismo.

Em entrevista ao jornalista nipônico Akira Nishimura, Furusawa confirmou o convite e disse que negou a informação anteriormente porque “não queria que o rumor circulasse.”
 

Furusawa admitiu convite da Ducati para ajudar no projeto italiano (Foto: MotoGP)


O nipônico contou que Filippo Preziosi, diretor-técnico da Ducati, lhe pediu ajuda mesmo sabendo que isso poderia custar sua posição na equipe de Bolonha. “[Preziosi me disse] Só quero fazer nossa moto melhor. Não importa se eu perder a minha posição.”

Masao, no entanto, não irá aceitar o convite. De acordo com Nishimura, a decisão do famoso engenheiro tem a ver com a lealdade dele com a Yamaha e seu novo estilo de vida. “Prefiro uma vida tranquila. Por isso que mudei de Iwata para Kyoto”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube