GP às 10: Indecisão de Dovizioso com Aprilia gera mistério e teorias desnecessárias

Andrea Dovizioso fez o segundo teste com a Aprilia neste ano. Mesmo assim, não pensa em voltar ao grid da MotoGP com a montadora italiana. No GP às 10, Pedro Luis Cuenca analisa a situação da carreira do veterano de 35 anos e os movimentos para o próximo campeonato

Andrea Dovizioso fez o segundo teste com a Aprilia em 2021, dessa vez em Mugello, nesta semana. Fora do grid da MotoGP desde que saiu da Ducati, no fim do ano passado, o italiano parece pouco preocupado em retornar à ativa e enrola para definir os novos rumos na carreira.

Enquanto anda ocasionalmente com a Aprilia e não escolhe virar piloto da montadora italiana para 2022 (ou até mesmo neste ano), Dovizioso aumenta o número de especulações e cria inúmeras teorias na cabeça dos fãs da categoria.

No GP às 10 de hoje, Pedro Luis Cuenca fala sobre a postura do piloto italiano e sobre o que esperar dos próximos passos do veterano de 35 anos na carreira, dentro ou fora da MotoGP.

LEIA MAIS
⇝ Sorte sorri para Miller, que apazigua críticos e sai protagonista do GP do Espanha
⇝ Falta de segurança irrita pilotos e coloca futuro da MotoGP em Jerez em xeque
⇝ Red Bull Rookies Cup: a categoria de base de ouro do Mundial de Motovelocidade
⇝ Pol Espargaró escancara frustração após quatro GPs e se mostra perdido na Honda
⇝ Ducati consegue raro desempenho em Jerez e se permite sonhar com título em 2021
⇝ Lado a lado: as vitórias de Jack Miller na classe rainha do Mundial de Motovelocidade
⇝ Azar desprestigia Morbidelli em 2021. Mas Yamaha tem obrigação de corrigir futuro
⇝ KTM sofre com novos pneus e desmancha evolução obtida em 2020 após quatro etapas

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar