GP às 10: Yamaha erra ao desprezar igualdade e precisa corrigir rota com Morbidelli

Vice-campeão vigente, o ítalo-brasileiro tem uma moto defasada, a mais velha entre as Yamaha do grid. No GP às 10, Juliana Tesser avalia que a casa de Iwata precisa corrigir a rota na relação com Franco Morbidelli

Marc Márquez acabou a corrida em Portimão cansado e emotivo (Vídeo: MotoGP)

Franco Morbidelli garantiu o vice-campeonato da MotoGP em 2020, mas nem isso serviu para que o ítalo-brasileiro caísse nas graças da Yamaha. Afinal, o piloto nascido em Roma segue com uma especificação da YZR-M1, que é, basicamente, a moto de 2019 ligeiramente atualizada.

No GP às 10, Juliana Tesser destaca que a Yamaha precisa corrigir a relação com o piloto da SRT se quiser mantê-lo no futuro.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

VEJA TAMBÉM
⇝ Quartararo leva melhor em revanche com Portimão e mostra maturidade na MotoGP
⇝ Polêmicas em Portimão ligam alerta da MotoGP com novos painéis e limites de pista
⇝ Inconstante, Viñales tem desafio de provar que GP de Portugal pífio foi acidente
⇝ Até quando? Haters sobem tom e afastam pilotos da MotoGP das redes sociais
⇝ Chegada à Europa confirma evolução da Aprilia e aproxima Aleix Espargaró do pódio
⇝ Permuta e homenagem conjunta: a nova relação entre MotoGP e Fórmula 1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar