Granado afirma que já esperava ter problemas de adaptação no Catar, mas se diz confiante em recuperação

O piloto brasileiro fechou o dia com a 21ª posição, mas disse que esse resultado já era esperado por não ter nenhuma referência da pista. Assim, o jeito foi seguir os pilotos mais experientes para aprender o traçado

As imagens do primeiro dia de treinos para o GP do Catar

Embora tenha terminado com a 21ª colocação no primeiro dia de treinos para a etapa do Catar da Moto3, Eric Granado fez um balanço positivo das atividades. O piloto brasileiro disse, nesta quinta-feira (4), que já esperava ter problemas de adaptação ao circuito asiático, mas afirmou que está otimista em continuar evoluindo no restante da etapa.

“Minhas primeiras impressões de Losail são boas. É uma pista seletiva e tem algumas curvas rápidas”, disse o piloto. “Tive uma primeira sessão complicada, porque não tinha nenhuma referência, então tentei seguir os pilotos mais experientes e trabalhar nos meus pontos de frenagem. Nós demos um grande passo à frente na segunda sessão e melhoramos alguns segundos”, declarou.

Eric Granado se disse confiante em evoluir neste fim de semana (Foto: Aspar)

Para o restante da etapa do Catar, Granado disse que a equipe Aspar já sabe que alterações fazer para continuar progredindo. O brasileiro explicou que neste momento é mais importante para o time corrigir alguns pequenos erros para conseguir um desempenho melhor durante as próximas sessões.

“Nós ainda estamos um pouco longe dos primeiros tempos, mas isso já era esperado até conhecermos a pista. O lado bom é que nós fizemos progresso no último treino e sabemos como continuar melhorando. Precisamos continuar dando pequenos passos na direção correta”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube