Granado destaca condições difíceis em Sepang e classifica 1º abandono na Moto2 como desapontador

Eric Granado não conseguiu completar o GP da Malásia de Moto2 neste domingo (21) após danificar a MotoBI em um toque com Takaaki Nakagami

 

►Veja as melhores imagens deste domingo de Mundial de Motovelocidade em Sepang

Eric Granado teve seu primeiro abandono na Moto2 neste domingo (21). O piloto da JiR teve um toque com Takaaki Nakagami ainda nas primeiras voltas e, apesar de ter conseguido evitar a queda, danificou a MotoBI e precisou recolher.

 
O jovem brasileiro destacou que o dia em Sepang foi mais um de clima instável e classificou o abandono como desapontador. 
Granado abandonou o GP da Malásia após danificar moto em toque com Nakagami (Foto: JiR)
“As condições foram difíceis outra vez hoje”, afirmou. “No warm-up nós tivemos pista seca, mas choveu 20 minutos antes da corrida, então precisamos dos pneus de pista molhada outra vez”, lembrou. 
 
“Fiz uma boa largada e sai com o grupo por três ou quatro voltas e aí eu e Nakagami nos tocamos e danificou a pedaleira”, contou. “Fiz mais três ou quatro voltas andando com o meu pé no escapamento, mas não era confortável e eu decidi voltar para os pits e abandonar, o que foi, obviamente, desapontador”, encerrou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube