Granado lamenta tempo perdido com queda e diz que é difícil encontrar linha perfeita em Sepang

33º no grid da Malásia, Eric Granado lamentou o tempo perdido com uma queda na terceira sessão de treinos livres. Brasileiro afirmou que é difícil encontrar o traçado perfeito no circuito de Sepang

 

►Veja as melhores imagens deste sábado de Mundial de Motovelocidade em Sepang

Eric Granado conquistou neste sábado (20) a 33ª colocação no grid de largada para o GP da Malásia de Moto2. Pela primeira vez no circuito de Sepang, o brasileiro cravou seu melhor giro em 2min13s144, 6s182 mais lento que Pol Espargaró, o pole-position.

 
Após a sessão, o jovem piloto da JiR lamentou o tempo de pista perdido com uma queda no terceiro livre, mas destacou que conseguiu andar um pouco com os pneus de chuva no inconstante clima da Malásia. 
Pela primeira vez em Sepang, Granado larga em 33º (Foto: JiR)
“Esta manhã não foi realmente boa para mim outra vez já que tive uma queda e estava chovendo quando voltei aos pits e a moto estava pronta para sair novamente”, explicou. “Então fiquei desapontado por perder todo este tempo de manhã, mas fizemos algum tempo com o pneu de pista molhada”, continuou. 
 
Eric afirmou que achou difícil encontrar o traçado perfeito em Sepang e, por isso, tentou acompanhar os pilotos mais experientes durante o treino que definiu o grid de largada.
 
“Na classificação desta tarde tentei acompanhar os pilotos mais experientes, pois acho esta é uma pista muito longa e ampla, e encontrar a linha perfeita quando você está sozinho é difícil”, ressaltou. “Preciso ver a telemetria esta noite e dar 100% na corrida amanhã”, concluiu. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube