GUIA 2022: Honda torce por Marc Márquez inteiro para voltar do ostracismo em 2022

A Honda passou os últimos dois anos vendo Marc Márquez machucado e com poucos resultados positivos na pista. Agora, espera que o hexacampeão da MotoGP esteja fisicamente pronto para carregar o time novamente para o caminho das glórias

GUIA MOTOGP 2022: FAVORITOS, NOVATOS E PALPITES PARA TEMPORADA

A HONDA PRECISA RECUPERAR O PROTAGONISMO. Quem olha para a década passada na MotoGP, nota um padrão: o domínio de Marc Márquez e da marca da asa dourada, donos de seis títulos mundiais. Nas últimas duas temporadas, porém, o espanhol enfrentou diversas lesões, e a montadora japonesa sobreviveu com raros brilhos.

Em 2020, Marc Márquez se machucou logo na primeira corrida da temporada e perdeu o resto das etapas. Álex Márquez, afetado pela pandemia, não conseguiu testar e ficou para trás, rebaixado para a LCR, equipe satélite da Honda.

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Marc Márquez segue a grande esperança da Honda na MotoGP (Foto: Divulgação/MotoGP)

GUIA DA MOTOGP 2022
MotoGP abre era pós-Rossi com menu extenso e pratos para lamber os beiços
MotoGP mantém estabilidade e só tem mudanças pontuais no regulamento
Acosta chega forte, mas Moto2 é livro aberto na busca por protagonista
Volta de Carrasco e estreia de Moreira deixam olhos atentos à Moto3
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Yamaha ainda sofre com motor, mas busca evolução na MotoGP
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Quartararo sai da glória de campeão para a luta de se manter no topo
Sem ícone máximo, MotoGP tem de descobrir novo mundo em era pós-Rossi
# Ducati cria casca e entra na temporada 2022 com pressão do favoritismo
# KTM chega cercada de incertezas após tropeços e decepções na MotoGP
# Bagnaia ganha Ducati e vira bola da vez na MotoGP mesmo derrotado em 2021
# De campeão a surpresa, novatos invadem MotoGP com diferentes expectativas
# Suzuki atende pilotos e surge vitaminada com melhora na moto e novo chefe

A temporada 2021 parecia mais promissora. Marc voltou a partir do GP de Portugal, a terceira corrida do ano, e conquistou três vitórias contundentes — Alemanha, Austin e Emília-Romanha. Apesar disso, o multicampeão mostrou erros que não estava acostumado. Para piorar, perdeu as duas últimas etapas por uma nova lesão, desta vez no olho.

Pol Espargaró chegou para tentar fazer páreo ao conterrâneo dentro da equipe. Falhou. Em fase de adaptação, teve dois brilhos espaçados, sendo a pole no GP da Grã-Bretanha e o pódio na Emília-Romanha. Pouco para quem tinha mostrado momentos de destaque em 2020 e acabou só em 12º no campeonato no ano seguinte.

Para 2022, a expectativa da Honda é evoluir a moto. Nos testes de pré-temporada, a montadora mostrou bom desempenho em Mandalika, na Indonésia. A sequência foi dada aos pilotos, e detalhes para evolução da moto foram implementados.

Resta, no entanto, um único detalhe: a saúde de Marc Márquez. Se estiver inteiro, o espanhol é capaz de fazer grandes coisas na temporada 2022. Se as lesões continuarem atrapalhando, a Honda vai permanecer ausente do topo, pois se mantém muito dependente do hexacampeão da MotoGP. É um risco e tanto, que pode entregar lucros e dividendos no futuro.

WEB STORY
Novos nomes, equipes, calendário: um resumão da MotoGP 2022

MARC MÁRQUEZ TENTA AFASTAR CAOS PARA RETOMAR REINADO DA MOTOGP
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.