Guia MotoGP 2015: Aprilia Racing Team Gresini

A Aprilia antecipou em um ano seu retorno ao Mundial de MotoGP, mas não o fez pensando em conquistar grandes resultados

Sede: Noale, Itália
Moto: Aprilia RS-GP
Principais dirigentes: Romano Albesiano e Fausto Gresini
Em 2014: não competiu
Melhor resultado: 4ª no Mundial de Equipes em 1999, 2000 e 2003
Melhor tempo em Sepang: 2min01s310
(Álvaro Bautista, 20º)
Melhor tempo no Catar: 1min57s273
(Álvaro Bautista, 24º)
A Aprilia antecipou em um ano seu retorno ao Mundial de MotoGP, mas não o fez pensando em conquistar grandes resultados. A fábrica de Noale vai usar 2015 para desenvolver a moto para o próximo ano, quando a classe rainha vai passar por uma grande mudança em seu regulamento técnico. 
 
Em Álvaro Bautista e Marco Melandri, a Aprilia tem dois pilotos experientes que podem dar aos engenheiros as indicações necessárias para o desenvolvimento do novo protótipo. Ainda assim, será um ano de transição para a esquadra italiana. 

Experiente, Álvaro Bautista chega à Aprilia após três anos guiando a RC213V da Gresini. Embora sua atual moto ainda esteja em um nível bem inferior da anterior, o espanhol segue dentro da estrutura comandada por Fausto Gresini e vai trabalhar com a Aprilia na evolução da moto. Não adianta, entretanto, esperar qualquer resultado expressivo. As expectativas devem ser guardadas para 2016.


Marco Melandri não vai ter vida fácil na temporada 2015. Vindo do Mundial de Superbike, o italiano vem mostrando muita dificuldade para se adaptar à RS-GP e aos pneus Bridgestone. Como a Aprilia vai usar 2015 como um ano de desenvolvimento, Melandri não deve ter muitas chances, mas tampouco deve passar o ano na base da tabela de tempos. Embora não seja dos mais animados no grid da MotoGP.

equipes

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube