Hacker francês invade Twitter de ex-piloto, fala de Rossi e gera rumores de contrato com Yamaha

Um hacker francês invadiu a conta no Twitter do ex-piloto Niall Mackenzie e postou uma mensagem enigmática referente a italiano famoso e uma moto azul. Procurado por jornalistas, o falso Mackenzie confirmou ter visto Valentino Rossi na sede da Yamaha na Holanda causando rumores de que o contrato estaria fechado

Nem mesmo João Emanuel Carneiro, o autor de Avenida Brasil, pensaria em uma história tão criativa. Na tarde da última sexta-feira (3), inúmeros jornalistas ficaram grudados em seus e-mails aguardando uma confirmação da Yamaha sobre a contratação de Valentino Rossi para a temporada de 2013 da MotoGP.

Os rumores começaram logo cedo, quando o ex-piloto Niall Mackenzie postou uma mensagem enigmática no Twitter dizendo: “Acordo fechado! Um italiano bastante conhecido definitivamente estará em uma moto azul no ano que vem.”
 

Mensagem postada por falso Mackenzie gerou rumores sobre contratação de Rossi pela Yamaha (Foto: Reprodução/ Twitter)

O ex-piloto, então, foi procurado por Thomas Baujard, da revista francesa ‘Moto Journal’, que confirmou ter visto Rossi na sede da Yamaha na Holanda. E era uma ótima história. Mackenzie estava lá para negociar um contrato para seu filho Tarran na Superstock 600 e encontrou o italiano acidentalmente.

Com a confirmação feita por Mackenzie, não restavam dúvidas de que a história era verídica e era questão de tempo até vir uma confirmação da casa de Iwata.

As coisas mudaram no fim do dia, no entanto. Davide Brivio, agente de Rossi, negou, também via Twitter, que o piloto tivesse visitado a sede da equipe. “Com certeza ele não visitou a sede da Yamaha. Ele está de férias.”

Os jornalistas, então, voltaram a procurar Mackenzie e descobriram que a conta dele no serviço de microblog havia sido invadida. Foi o próprio invasor, um francês, que revelou aquilo que ele chamou de “brincadeira”.

O invasor conseguiu direcionar os e-mails de Mackenzie para sua própria conta e foi ele quem confirmou o encontro com Rossi nas vezes em que foi procurado pelos jornalistas franceses e ingleses.

A "confirmação de Niall" aliada com todas as últimas notícias envolvendo as negociações entre Valentino e o time, deram a certeza de que o piloto voltaria para a Yamaha, mas a história ainda não acabou. Rossi ainda não se posicionou oficialmente, assim como Yamaha e Ducati e o futuro do multicampeão segue em aberto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube