Honda lamenta resultado na França, mas vê “espírito inacreditável” em Marc Márquez

Alberto Puig lamentou o desfecho do GP da França, mas comemorou o fato de que Marc Márquez não perdeu o verdadeiro jeito de ser depois de todos os problemas causados pela fratura no braço direito

Marc Márquez caiu pela segunda vez no GP da França (Vídeo: MotoGP)

Chefe da Honda, Albert Puig celebrou o “espírito inacreditável” de Marc Márquez no GP da França. Na visão do espanhol, quem “nasce campeão, sempre será um campeão”.

Dono de seis títulos na MotoGP, Marc voltou a liderar uma corrida da classe rainha do Mundial de Motovelocidade pela primeira vez desde que fraturou o braço direito em um acidente no GP da Espanha, abertura da temporada passada.

Marc Márquez avaliou que jogou fora a chance que o clima instável de Le Mans proporcionou (Foto: Red Bull Content Pool)

LEIA TAMBÉM
⇝ Miller engrena com vitórias seguidas e assume protagonismo na temporada da MotoGP
⇝ WEB STORY: Com Miller, Zarco e Quartararo, MotoGP tem pódio incomum na França

Desde então, o irmão de Álex passou por três cirurgias e ficou nove meses afastado do campeonato. Marc voltou apenas no GP de Portugal, terceira etapa de 2021, mas ainda não conseguiu o mesmo tipo de performance com que está acostumado.

Em Le Mans, Marc passou bem pelo pit-stop para executar o flag-to-flag e assumiu a liderança, mas acabou caindo duas vezes e não completou a corrida. O próprio piloto não escondeu a frustração e assumiu a culpa pelo abandono, já que considera que estava distraído, especialmente no momento da segunda queda.

Puig, porém, não quer apontar dedos e considera que foi bom ver Marc mostrando que ainda é o mesmo de sempre.

“A conclusão da corrida é que quando você nasce campeão, você sempre será um campeão”, disse Puig. “Hoje Marc viu a chance de vencer em Le Mans e, mesmo com a condição física dele, ele tentou. Estava liderando a corrida, caiu, aí recuperou e era outra vez o mais rápido da pista. É uma pena que ele tenha caído outra vez, mas o espírito e a vontade que ele dentro dele são inacreditáveis”, seguiu.

“Claro, não estamos felizes com o resultado final, mas estamos felizes de ver que Marc está mostrando seu eu de verdade e não perdeu isso depois de todo esse tempo”, encerrou.

A MotoGP volta à ação no dia 30 de maio, com o GP da Itália, sexta etapa do calendário. Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar