Indonésia vai recapear trecho do traçado de Mandalika para atender pedido da MotoGP

Depois de queixas dos pilotos sobre pedras soltas que são arremessadas na direção deles e das motos, a Corporação para o Desenvolvimento para o Turismo da Indonésia (ITDC), a Dorna e a FIM (Federação Internacional de Motociclismo) chegaram a um acordo que prevê o recapeamento de Mandalika entre as curvas 17 e 5

MOTOGP EM SILLY-SEASON ANTECIPADA: MILLER É QUEM TEM POSIÇÃO MAIS AMEAÇADA

A MotoGP anunciou mudanças no traçado de Mandalika para o GP da Indonésia de março próximo após a última sessão de testes da pré-temporada 2022. Por conta do feedback dos pilotos, o trecho entre as curvas 17 e 5 será reasfaltado.

Os três dias de pré-temporada foram marcados por queixas dos pilotos em relação às condições do asfalto. No primeiro dia, a polêmica maior foi por conta de uma determinação para que todos os competidores entrassem juntos na pista para limpar o traçado, que não apresentava condições de uso nem mesmo após o uso de máquinas pesadas, acionadas após a chuva da noite anterior.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Mandalika vai passar por obras para atender as necessidades da MotoGP (Foto: KTM)

WEB STORY
O terceiro dia de testes da MotoGP na Indonésia

Além disso, os titulares da classe rainha reclamaram de pedras que se soltam da superfície e são arremessadas pelas motos. Francesco Bagnaia, por exemplo, chegou a ficar com um hematoma no braço por conta de um desses fragmentos.

Assim, FIM (Federação Internacional de Motociclismo); Dorna, promotora do Mundial; e ITDC (Corporação para o Desenvolvimento do Turismo na Indonésia) chegaram a um acordo para promover melhorias no circuito que vai acolher o retorno do campeonato ao país após uma ausência de 25 anos. Em um comunicado enviado à imprensa, a MotoGP explicou que as mudanças devem ser feitas com um mínimo de sete dias antes do GP da Indonésia.

“A ITDC, dona do circuito, concordou com a avaliação e os pedidos da FIM, demonstrando o alto nível de comprometimento e apoio deles ao esporte. Todas as partes reagiram rapidamente e o trabalho para essas melhorias já está em curso, incluindo o recapeamento de parte da pista”, diz a nota. “O circuito será reasfaltado desde o setor antes da curva 17 até depois da curva 5. A praça estará preparada para o GP com o uso de tecnologia líder global para garantir que toda a superfície atinja os padrões da MotoGP”, frisou.

Os problemas com o traçado, contudo, não foram os únicos durante o teste em Mandalika. Vários integrantes do paddock da MotoGP testaram positivo, incluindo membros da Suzuki, que chegaram a desfalcar a equipe de Joan Mir no segundo dia de testes.

CASO YAMAHA NA MOTOGP: VEM AÍ A ERA DA QUARTARARODEPENDÊNCIA?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar