Miller puxa dobradinha da Ducati em TL2 movimentado da MotoGP no Catar

O australiano superou Francesco Bagnaia por só 0s035 para garantir um 1-2 da marca de Bolonha. Fabio Quartararo ficou em terceiro em uma sessão animadora para a Aprilia

As voltas virtuais no novo autódromo da Hungria (Vídeo: Dromo design)

A Ducati fechou o primeiro dia de treinos para o GP do Catar no topo da folha de tempos da MotoGP. Jack Miller superou Francesco Bagnaia já na reta final da atividade em Losail e assegurou o comando do segundo treino livre desta sexta-feira (26).

Com 1min53s422, Miller assegurou o comando com só 0s035 de frente para Pecco. Fabio Quartararo, que estreia pela equipe de fábrica da Yamaha neste ano, também avançou nos minutos finais e garantiu a terceira colocação.

Jack Miller colocou a Ducati na ponta nesta sexta-feira no Catar (Foto: Divulgação/MotoGP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Só 0s199 mais lento que Miller, Johann Zarco ficou com o quarto melhor tempo, escoltado por Álex Rins e Maverick Viñales. Franco Morbidelli melhorou nos minutos finais e acabou em sétimo.

Aleix Espargaró chegou a passar alguns minutos no topo da tabela do Catar depois de superar as Ducati, mas acabou em oitavo, 0s340 atrás do líder. Valentino Rossi surge em nono, com Pol Espargaró completando o top-10 mesmo após com a segunda queda do dia.

Jorge Martín foi o melhor dos estreantes e acabou em 13º, com Enea Bastianini em 15º e Luca Marini em 17°, 1s045 atrás de Miller.

Saiba como foi o segundo treino livre do GP do Catar de MotoGP:

Com a chegada da noite, a temperatura baixou para a segunda sessão de treinos da MotoGP. Quando a pista foi liberada para a atividade, os termômetros marcavam 25°C, com o asfalto chegando a 26°C. A velocidade do vento era de 14 km/h.

Quando o cronômetro iniciou a contagem dos 45 minutos, os pilotos saíram de imediato para a pista, já exibindo pneus macios, mais adequados para as condições da sessão.

Jack Miller se instalou no topo da tabela desde o início, com 1min54s571, 0s054 melhor do que Francesco Bagnaia, o segundo colocado. Aleix Espargaró vinha em terceiro.

Após pouco mais de sete minutos de treinos, a bandeira vermelha foi acionada, interrompendo a sessão por causa das condições da pista. Na reta principal de Losail, havia um acúmulo de sujeira, aparentemente algo que caiu da ponte que cruza a pista.

Detritos sujaram a pista, forçando a interrupção do treino (Foto: Reprodução)

Tão logo o serviço de limpeza foi concluído, a sessão recomeçou em Losail. Assim como fez tantas vezes ao longo da pré-temporada, Maverick Viñales ia aproveitando todas as saídas dos boxes para praticar largada, um ponto fraco do piloto da Yamaha no ano passado.

Com um par de pneus macios, Miller logo conseguiu melhorar e chegou a 1min54s557 para manter a liderança, agora com 0s058 de frente para Bagnaia. Zarco também foi mais rápido e agora tinha o terceiro posto.

Na sequência, Aleix foi a 1min53s789 para colocar a Aprilia no topo da tabela, 0s6 à frente de Bagnaia, que tinha passado Miller pouco antes. Álex Rins também apertou o passo e se instalou em segundo, 0s478 atrás do mais velho dos Espargaró.

Na nona volta nesta noite, Miller baixou para 1min54s225 e assumiu o segundo posto, reduzindo para 0s436 a vantagem de Aleix no topo da tabela. Mias atrás, Pol também foi mais rápido e agora aparecia em quinto, 0s723 atrás do irmão.

Com 15 minutos para o fim, Bastianini registrou 1min54s751 e saltou para a décima colocação, 0s962 atrás do líder. O italiano era o melhor entre os estreantes.

Na sequência, Fabio Quartararo saltou para a segunda colocação, cortando para 0s077 a vantagem de Aleix. Valentino Rossi também avançou e pulou para a quarta colocação, 0s313 atrás do líder.

Na 12ª volta deste TL2, Quartararo foi a 1min53s697 e assumiu a liderança, 0s092 melhor que Aleix. Viñales subiu para terceiro, seguido por Rins, Zarco, Rossi, Miller, Bagnaia, Martín e Pol Espargaró.

Faltando menos de dez minutos para a bandeirada, Bagnaia foi a 1min53s422 e colocou a Ducati na ponta no Catar, baixando em 0s275 a marca de Quartararo.

Meio sumido na sessão, Morbidelli aproveitou os minutos finais para saltar para o quinto posto, 0s591 atrás do líder.

Por conta das condições climáticas, o TL2 era decisivo para a divisão dos pilotos entre Q1 e Q2 da classificação, o que aumentou a animação nos últimos minutos da atividade.

Depois de uma última passagem pelos boxes no Catar, Jack Miller superou o companheiro de Ducati por 0s035 para recuperar a ponta, com Zarco avançando para formar um 1-2-3 de Desmosedicis. Valentino também melhorou e pulou para sexto, mas caiu uma posição em seguida, com Rins tomando a quarta colocação.

No minuto final, Morbidelli saltou para oitavo, 0s051 melhor que Rossi. Pol Espargaró tinha o décimo melhor tempo.

GUIA MOTOGP 2021
⇝ MotoGP chega igual, mas diferente em campeonato condicionado por pandemia
⇝ Conheça quem são as equipes e pilotos para a temporada 2021 da MotoGP
⇝ Suzuki segue vida sem Brivio e tenta feito do bicampeonato na MotoGP em 2021
⇝ MotoGP volta com mistério: Marc Márquez retorna após três cirurgias? E como?
⇝ Honda aposta em encaixe de Pol Espargaró por encerramento de série de insucessos
⇝ Mir defende título da MotoGP para mostrar que conquista de 2020 não foi acaso
⇝ Quartararo precisará de regularidade e cabeça no lugar para substituir Rossi
⇝ Bastianini, Marini e Martín sobem para MotoGP com promessa de briga parelha
⇝ Yamaha rejuvenesce com Viñales e Quartararo e busca consistência na M1
⇝ Aos 42 anos, Rossi tem recomeço na MotoGP com SRT. Mas qual será o futuro?
⇝ Pol Espargaró tem chance da vida na MotoGP. Assustar Márquez é outra história
⇝ Equilíbrio também deve ser a marca nas categorias de apoio à MotoGP
⇝ Ducati faz mudanças arriscadas para deixar decepções de 2020 no passado
⇝ Aprilia ‘inventa’ Savadori e coloca tudo nas costas de Aleix Espargaró
⇝ VR46 dá primeiro passo na MotoGP ainda sem dizer se veio para ficar
⇝ Sucesso da Academia VR46, Morbidelli tenta aproveitar garagem com Rossi

MotoGP 2021, GP do Catar, Losail, Treino livre 2:

1J MILLERDucati1:53.387 
2F BAGNAIADucati1:53.422+0.035
3F QUARTARAROYamaha1:53.575+0.188
4J ZARCOPramac Ducati1:53.586+0.199
5A RINSSuzuki1:53.623+0.236
6M VIÑALESYamaha1:53.639+0.252
7F MORBIDELLISRT Yamaha1:53.676+0.289
8A ESPARGARÓAprilia Gresini1:53.727+0.340
9V ROSSISRT Yamaha1:53.874+0.487
10P ESPARGARÓHonda1:53.901+0.514
11J MIRSuzuki1:53.914+0.527
12A MÁRQUEZLCR Honda1:54.115+0.728
13J MARTÍNPramac Ducati1:54.178+0.791
14T NAKAGAMILCR Honda1:54.199+0.812
15E BASTIANINIAvintia Ducati1:54.228+0.841
16B BINDERKTM1:54.371+0.984
17L MARINIAvintia VR46 Ducati1:54.432+1.045
18S BRADLHonda1:54.634+1.247
19M OLIVEIRAKTM1:54.756+1.369
20D PETRUCCITech3 KTM1:54.774+1.387
21I LECUONATech3 KTM1:55.098+1.711
22L SAVADORIAprilia Gresini1:55.674+2.287

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube