Miller supera sacudida e puxa 1-2-3 da Ducati no segundo treino da MotoGP em Doha

Com 1min53s145, o australiano assegurou o comando da folha de tempos na segunda sessão livre em Losail nesta sexta-feira (2). Francesco Bagnaia e Johann Zarco formaram a trinca da Ducati na ponta

Assista aos melhores momentos do GP do Catar de MotoGP (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Jack Miller colocou a Ducati no comando na segunda sessão de treinos livres para o GP de Doha de MotoGP. O australiano levou um susto já nos minutos finais da atividade no traçado de Losail, mas conseguiu salvar a queda na curva 14 para continuar no treino e garantir o topo da cronometragem.

Depois de uma sessão discreta, Miller cresceu nos minutos finais e, com 1min53s143, ficou com o melhor tempo do dia, 0s313 à frente de Francesco Bagnaia. Johann Zarco fez a festa da equipe de Bolonha e fiou em terceiro.

Jack Miller comandou o TL2 em Losail (Foto: Divulgação/MotoGP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Melhor do resto, Fabio Quartararo fez o quarto tempo, seguido por Jorge Martín e Aleix Espargaró. Franco Morbidelli teve uma noite tranquila após os tumultos desta tarde e acabou em sétimo, com Álex Rins, Maverick Viñales e Stefan Bradl fechando o top-10.

Por só 0s030, Miguel Oliveira acabou em 11º, seguido por Danilo Petrucci, Joan Mir e Valentino Rossi. O quarteto deve passar pelo Q1, já que os tempos não devem cair na atividade da tarde de sábado.

O GP de Doha é o segundo da temporada 2021 da MotoGP. Na programação do domingo, há um warm up de 20 minutos às 9h40 e a corrida às 14h. Todos os horários são de Brasília, GMT -3. GRANDE PRÊMIO cobre tudo aqui.

VEJA TAMBÉM
Fatos e curiosidades do GP de Doha da MotoGP (sem Marc Márquez)

Saiba como foi o 2º treino livre do GP de Doha da MotoGP:

Com a chegada da noite, a temperatura baixou bem em Losail. Quando os cronômetros passaram a contar os 45 minutos da segunda sessão livre, os termômetros marcavam 26°C, com o asfalto chegando a 30°C. A velocidade do vento era de 5 km/h.

Depois de sofrer duas quebras nesta tarde, Franco Morbidelli foi o primeiro a deixar os boxes nesta noite. Assim como aconteceu na semana passada, esta sessão era de vital importância, já que, na prática, o resultado dela é que vai definir quem avança direto ao Q2 e quem terá de passar pelo Q1 da classificação.

Com 1min55s407, Francesco Bagnaia foi o primeiro a ocupar o topo da tabela, 0s160 melhor que Jack Miller, o companheiro de Ducati. Morbidelli era o terceiro, à frente de Aleix Espargaró e Fabio Quartararo.

Com um par de calçados macios, Bagnaia conseguiu melhorar para 1min54s074 e se manter no topo, mas agora com 0s533 de margem para Miguel Oliveira, o novo segundo colocado. Johann Zarco vinha em sequência, à frente de Miller, Stefan Bradl e Morbidelli.

Jorge Martín, então, saltou para a segunda posição, 0s327 mais lento que Pecco. Viñales vinha em terceiro, à frente de Oliveira, Zarco e Miller.

Calçando a dianteira com um pneu macio e a traseira com um médio, Morbidelli avançou para a sexta colocação, 0s610 atrás de Bagnaia. Logo depois, Aleix Espargaró subiu para segundo, reduzindo a margem do italiano da Ducati para 0s158.

Minutos depois, foi Takaaki Nakagami quem melhorou. O japonês, também com um par de pneus macios, saltou para a quinta colocação e, na sequência, avançou para segundo, 0s053 mais lento que Bagnaia. Quem também foi melhor foi Brad Binder, que se instalou em sexto, 0s472 atrás do ponteiro.

Passada a marca de 15 minutos para o fim, Martín cravou 1min54s056 e assumiu a liderança, 0s018 melhor que Bagnaia. Imediatamente, porém, o estreante foi destronado por Álex Rins, que chegou em 1min53s e tomou a ponta por 0s087.

O titular da Suzuki tampouco esquentou o lugar, já que Fabio Quartararo surgiu 0s043 melhor e se acomodou na liderança. O piloto da Yamaha engatou outra boa volta na sequência, mas antes mesmo de completar o giro, foi superado por um Aleix Espargaró 0s280 melhor.

Com um par de pneus macios novos, Valentino Rossi saltou para 13º. Um salto importante, mas ainda muito distante de onde ele deveria estar para assegurar o salto direto ao Q2.

Morbidelli também ia tentando avançar. O ítalo-brasileiro subiu ara nono e, no giro seguinte, foi para a segunda colocação, 0s053 atrás de Aleix. Rossi também melhorou e subiu para décimo, mas teve o tempo cancelado por exceder os limites da pista.

Com pouco menos de oito minutos para o fim, Jack Miller vinha tentando avançar, mas levou um belo susto na curva 14 e precisou salvar uma queda para se manter em cima da Desmosedici. O australiano tinha o 19º tempo.

Com 1min53s713, Rins se instalou em terceiro, 0s067 atrás de Aleix, que seguia na liderança com pouco menos de 4 minutos para o fim da sessão. Na sequência, Takaaki Nakagami caiu na curva 7.

Enquanto isso, Miller foi a 1min53s145 e tomou a ponta, 0s501 melhor que Aleix. A volta, contudo, era suspeita, por conta do tombo do japonês da LCR.

Danilo Petrucci também foi mais rápido, subindo para sexto. Mais atrás, Rossi se instalou em 12º.

0s438 mais lento que Miller, Quartararo tomou a segunda colocação, com Miguel Oliveira aparecendo em sexto, 0s025 à frente de Petrucci, usando justamente a referência do português.

Já com a bandeira quadriculada tremulando em Losail, Bagnaia pulo para a segunda colocação, à frente de Zarco. Quartararo caiu para quarto, seguido por Martín, Aleix e Morbidelli. Rins, Viñales e Bradl completam um top-10 coberto por 0s769.

GUIA MOTOGP 2021
⇝ MotoGP chega igual, mas diferente em campeonato condicionado por pandemia
⇝ Conheça quem são as equipes e pilotos para a temporada 2021 da MotoGP
⇝ Suzuki segue vida sem Brivio e tenta feito do bicampeonato na MotoGP em 2021
⇝ MotoGP volta com mistério: Marc Márquez retorna após três cirurgias? E como?
⇝ Honda aposta em encaixe de Pol Espargaró por encerramento de série de insucessos
⇝ Mir defende título da MotoGP para mostrar que conquista de 2020 não foi acaso
⇝ Quartararo precisará de regularidade e cabeça no lugar para substituir Rossi
⇝ Bastianini, Marini e Martín sobem para MotoGP com promessa de briga parelha
⇝ Yamaha rejuvenesce com Viñales e Quartararo e busca consistência na M1
⇝ Aos 42 anos, Rossi tem recomeço na MotoGP com SRT. Mas qual será o futuro?
⇝ Pol Espargaró tem chance da vida na MotoGP. Assustar Márquez é outra história
⇝ Equilíbrio também deve ser a marca nas categorias de apoio à MotoGP
⇝ Ducati faz mudanças arriscadas para deixar decepções de 2020 no passado
⇝ Aprilia ‘inventa’ Savadori e coloca tudo nas costas de Aleix Espargaró
⇝ VR46 dá primeiro passo na MotoGP ainda sem dizer se veio para ficar
⇝ Sucesso da Academia VR46, Morbidelli tenta aproveitar garagem com Rossi

MotoGP 2021, GP de Doha, Losail, Treino livre 2:

1J MILLERDucati1:53.145 
2F BAGNAIADucati1:53.458+0.313
3J ZARCOPramac Ducati1:53.537+0.392
4F QUARTARAROYamaha1:53.583+0.438
5J MARTÍNPramac Ducati1:53.593+0.448
6A ESPARGARÓAprilia Gresini1:53.646+0.501
7F MORBIDELLISRT Yamaha1:53.699+0.554
8A RINSSuzuki1:53.713+0.568
9M VIÑALESYamaha1:53.872+0.727
10S BRADLHonda1:53.914+0.769
11M OLIVEIRAKTM1:53.944+0.799
12D PETRUCCITech3 KTM1:53.969+0.824
13J MIRSuzuki1:54.012+0.867
14V ROSSISRT Yamaha1:54.112+0.967
15T NAKAGAMILCR Honda1:54.127+0.982
16A MÁRQUEZLCR Honda1:54.148+1.003
17P ESPARGARÓHonda1:54.205+1.060
18B BINDERKTM1:54.237+1.092
19E BASTIANINIAvintia Ducati1:54.516+1.371
20L MARINIAvintia VR46 Ducati1:54.680+1.535
21L SAVADORIAprilia Gresini1:54.971+1.826
22I LECUONATech3 KTM1:55.369+2.224

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube