Zarco bate Morbidelli por 0s02 e lidera treino 2 em Barcelona. Quartararo é terceiro

Já com o cronômetro zerado, o francês da Pramac cravou 1min39s235 para assegurar o melhor tempo da MotoGP no segundo treino na Catalunha. Franco Morbidelli e Fabio Quartararo completaram o top-3

MotoGP preparou vídeo com imagens da carreira em tributo a Jason Dupasquier (Vídeo: MotoGP)

Johann Zarco deu a vitória à Ducati na disputa pela liderança do segundo treino da MotoGP em Barcelona. O francês apareceu já com o cronômetro zerado para derrubar Franco Morbidelli do topo da folha de tempos da tarde desta sexta-feira (4).

O ítalo-brasileiro da SRT Yamaha passou a maior parte da atividade no comando, mas viu Zarco completar a 18ª volta em 1minn39s235 para garantir a liderança. 0s166 mais lento que o ponteiro, Fabio Quartararo ficou com o terceiro tempo.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Johann Zarco liderou o treino desta tarde (Foto: Pramac)

LEIA TAMBÉM
⇝ Itália contrasta melhor e pior do esporte e evidencia força extraordinária de pilotos
⇝ Rins abusa de quedas em momentos cruciais e sai da briga pelo título da MotoGP
⇝ Vale tudo no amor e na guerra? Tática de Marc Márquez causa polêmica na Itália

Brad Binder foi a 1min39s662 e colocou a KTM na quarta colocação, seguido por Francesco Bagnaia, Maverick Viñales e Jack Miller. Enea Bastianini foi 0s742 mais lento que Zarco e ficou em oitavo, seguido por Aleix e Pol Espargaró, que empataram em 1min39s938.

Marc Márquez fechou a sessão com o 15º tempo, 0s885 atrás do líder, e só 0s030 melhor que Joan Mir, o 16º. Valentino Rossi foi 19º, com Jorge Martín, voltando de lesão, em último.

MotoGP volta às pistas no próximo dia 6 de junho para o GP da Catalunha. Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Saiba como foi o segundo treino da MotoGP na Catalunha:

Dá mesma forma que aconteceu mais cedo, o segundo treino da MotoGP em Barcelona começou com céu nublado, mas com temperaturas mais elevadas. Antes de a pista ser liberada, os termômetros mediam 27°C, com o asfalto chegando a 36°C.

Iker Lecuona foi o primeiro a aparecer na ponta da tabela de tempos, mas logo deu lugar a Pol Espargaró, que cravou 1min40s146. Joan Mir se instalou em segundo, com Franco Morbidelli em terceiro. O ítalo-brasileiro, aliás, era o único com um pneu duro na traseira neste início de tarde.

Ainda nos primeiros minutos da sessão, Luca Marini passou reto na freada da curva 4 e escapou da pista. Para evitar o muro, o italiano tombou a moto, mas escapou de lesões e logo tratou de pegar a via de serviço para voltar aos boxes da Avintia.

Luca Marini escapou da pista ainda no início do TL2 (Vídeo: MotoGP)

Enquanto isso, Marc Márquez anotou 1min40s120 e assumiu a liderança, só 0s019 melhor do que Maverick Viñales. Pol caiu para terceiro, seguido por Mir, Quartararo e Morbidelli.

A liderança da Honda, porém, foi breve. Quartararo tomou a frente com 1min40s006, mas logo foi superado por um Morbidelli 0s097 mais rápido. O piloto da SRT aproveitou a volta seguinte para tentar melhorar ainda mais, mas perdeu tempo na última parcial de Montmeló e não conseguiu.

Na primeira rodada de pit-stops, a Yamaha tinha um 1-2 com Morbidelli e Quartararo, com Marc Márquez, Viñales, Pol Espargaró, Mir, Johann Zarco, Miguel Oliveira, Aleix Espargaró e Iker Lecuona formando o top-10.

Franco Morbidelli deu uma sambadinha na curva 1 de Barcelona (Vídeo: MotoGP)

De volta à pista, Mir se juntou a Morbidelli na avaliação do pneu traseiro duro. A maioria dos pilotos calçava uma combinação de compostos médios, com Marc Márquez, Oliveira e Bagnaia de macios atrás.

A novidade do fim de semana em Montmeló era Valentino Rossi com um monitor cardíaco. E os batimentos do italiano chegaram a 162 BPM enquanto tentava sair da 19ª colocação nesta tarde. O multicampeão rodou um pouco atrás de Viñales, mas seguia a 1s213 de Morbidelli.

Quem também não estava muito empolgante nesta sessão vespertina era o time de fábrica da Ducati. Francesco Bagnaia vinha só em 13º, 0s075 melhor que Jack Miller, o 14º.

Curva 10 conta com um novo layout neste ano (Vídeo: MotoGP)

A fase intermediária da sessão não viu mudanças na parte de cima da tabela, mas essa era a promessa para os minutos finais, já que tem previsão de chuva para este fim de semana.

Com um par de pneus duros, Oliveira foi a 1min40s096 e assumiu a terceira colocação, 0s187 mais lento que Morbidelli. Pouco depois, foi Viñales quem avançou, subindo para a segunda colocação ao anotar 1min39s993.

Restando pouco mais de um minuto para o fim, Brad Binder cravou 1min39s662 e pulou para a liderança, superando Morbidelli por 0s247. Quase que de imediato, Viñales tomou o segundo posto.

Johann Zarco ficou com o melhor tempo da sexta-feira (Vídeo: MotoGP)

Johann Zarco veio, então, com 1min39s446, mas não ficou com a liderança já que Morbidelli virou 0s190 mais rápido. Quartararo era o quarto, à frente de Viñales, Bagnaia, Miller, Aleix, Nakagami e Petrucci.

Já com o cronômetro zerado, Enea Bastianini pulou para a oitava colocação, 0s721 atrás de Morbidelli.

Zarco, então, destronou Morbidelli por 0s021 para ficar com a liderança, com Quartararo fechando em terceiro, à frente de Binder e Bagnaia.

LEIA TAMBÉM
⇝ Fatos e curiosidades sobre o GP da Catalunha de MotoGP

MotoGP 2021, GP da Catalunha, Barcelona, Treino Livre 2:

1J ZARCOPramac Ducati1:39.235 
2F MORBIDELLISRT Yamaha1:39.256+0.021
3F QUARTARAROYamaha1:39.401+0.166
4B BINDERKTM1:39.662+0.427
5F BAGNAIADucati1:39.760+0.525
6M VIÑALESYamaha1:39.821+0.586
7J MILLERDucati1:39.914+0.679
8E BASTIANINIAvintia Ducati1:39.977+0.742
9A ESPARGARÓAprilia Gresini1:39.983+0.748
10P ESPARGARÓHonda1:39.983+0.748
11T NAKAGAMILCR Honda1:40.032+0.797
12D PETRUCCITech3 KTM1:40.060+0.825
13L MARINIAvintia VR46 Ducati1:40.094+0.859
14M OLIVEIRAKTM1:40.096+0.861
15M MÁRQUEZHonda1:40.120+0.885
16J MIRSuzuki1:40.150+0.915
17I LECUONATech3 KTM1:40.251+1.016
18A MÁRQUEZLCR Honda1:40.690+1.455
19V ROSSISRT Yamaha1:40.836+1.601
20L SAVADORIAprilia Gresini1:40.981+1.746
21J MARTÍNPramac Ducati1:41.243+2.008

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar