Zarco cresce no fim e lidera com folga treino 1 na Áustria. Quartararo quebra e é sexto

Com 1min22s827, o francês da Pramac assegurou a liderança da MotoGP com 0s798 de margem para Joan Mir. Álex Rins completou o top-3, com o líder do Mundial fechando em sexto após abortar o giro final por causa de um problema com a YZR-M1

Johann Zarco liderou a MotoGP no primeiro treino para o GP da Áustria. O francês cresceu na reta final da atividade matutina desta sexta-feira (13) para desbancar as Suzuki e colocar a Ducati na ponta no Red Bull Ring.

Na penúltima de 22 voltas, Zarco registrou 1min22s827 para não só superar o recorde do traçado de Spielberg em 0s167, mas também para abrir 0s798 de margem para Joan Mir, o segundo colocado. Álex Rins completou o top-3.

ASSISTA
# Câmera onboard mostra o que Viñales fez com moto da Yamaha no fim do GP da Estíria

Johann Zarco ficou com o melhor tempo na Áustria (Foto: Divulgação/MotoGP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Takaaki Nakagami passou boa parte da sessão na primeira posição, mas acabou caindo para quarto, à frente de Aleix Espargaró, que precisou enfrentar um problema com a moto da Pramac.

Líder do Mundial, Fabio Quartararo teve uma falha com a moto no giro final e acabou em sexto, 1s038 atrás do conterrâneo Zarco. Álex Márquez fechou a atividade com o sétimo posto, seguido por Francesco Bagnaia e Marc Márquez. Vencedor na semana passada, Jorge Martín completa o top-10.

O principal desfalque do fim de semana é Maverick Viñales. O espanhol foi suspenso pela Yamaha após uma “operação irregular da moto” durante o GP da Estíria da semana passada. Lorenzo Savadori não corre no fim de semana, já que se recupera de uma fratura no tornozelo sofrida em um acidente no último domingo.

Além dos dois, Franco Morbidelli segue ausente, ainda em recuperação de uma cirurgia no joelho. Por isso, Cal Crutchlow está mais uma vez no grid da MotoGP.

A MotoGP volta a acelerar neste domingo (15), com o GP da Áustria, novamente no Red Bull Ring. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

Saiba como foi o primeiro treino da MotoGP para o GP da Áustria:

O trabalho para a 11ª etapa da temporada 2021 começou com uma sexta-feira de sol e céu limpo. Antes do primeiro treino do fim de semana, os termômetros mediam 25°C, com o asfalto chegando a 27°C. A umidade do ar estava na casa de 58%.

Assim que a pista foi liberada os pilotos deixaram os boxes pra dar o pontapé inicial na segunda corrida do ano no Red Bull Ring. Vencedor na semana passada, Jorge Martín abriu a sessão na ponta, 0s041 melhor que Francesco Bagnaia. No giro seguinte, as Suzuki passaram o espanhol, mas foram imediatamente superadas por um trio de Honda: Álex Márquez, Pol Espargaró e Takaaki Nakagami. Aleix Espargaró também avançou e agora aparecia na quarta colocação.

Primeiro treino da Áustria começou com sol e tempo firme (Vídeo: MotoGP)

No giro seguinte, Nakagami foi a 1minn23s966 e assumiu a primeira posição, só 0s001 melhor que Marc Márquez. Mir era o terceiro, seguido por Bagnaia, Johann Zarco e Pol Espargaró na Áustria.

Nakagami conseguiu melhorar para 1min23s810, mas Quartararo usou a sexta volta desta manhã para se instalar em segundo, 0s055 atrás do titular da LCR. Marc Márquez vinha em terceiro, seguido por Zarco e Mir.

O pelotão partiu em seguida para a primeira rodada de pit-stops. Nakagami seguia no comando, com Quartararo, Marc Márquez, Zarco, Mir, Bagnaia, Martín, Pol Espargaró, Álex Márquez e Álex Rins formando o top-10.

Fabio Quartararo agora sustenta 40 pontos de vantagem na liderança da MotoGP (Vídeo: MotoGP)

Neste fim de semana, os pilotos tinham de provar uma modificação na alocação de pneus. Por causa de um problema com o calçado dianteiro usado por Miguel Oliveira na semana passada, a Michelin removeu o dianteiro duro assimétrico e substituiu por uma opção simétrica. Os franceses ainda não têm uma resposta para o que aconteceu com o português, mas registrou apenas o incidente com o titular da KTM.

De volta à pista da Áustria, Zarco foi a 1min23s894 e assumiu a terceira posição, só 0s009 melhor que Bagnaia, que passou a ocupar a quarta colocação. Aleix Espargaró chegou a voltar para a pista com um pneu dianteiro duro, mas teve problemas com a RS-GP e teve de retornar aos boxes da Aprilia.

Suspenso pela Yamaha, Maverick Viñales acompanhou o primeiro treino fora da pista (Vídeo: MotoGP)

A fase intermediária da sessão não viu grandes mudanças na tabela, com os pilotos rodando sem buscar tempos melhores. Assim, a segunda rodada de pit-stops chegou basicamente na mesma configuração da anterior.

Restando pouco mais de cinco minutos para o fim, a primeira grande mudança na tabela: com 1min23s625, Joan Mir tomou a liderança, 0s185 mais rápido do que Nakagami.

Jack Miller também tentou avançar, mas foi rápido demais na curva 4 e acabou tendo de escapar da pista. O australiano tinha o 17º tempo, 0s903 atrás do ponteiro da sessão. Os 20 pilotos vinham separados por só 1s670.

Minutos depois, Rins se juntou a Mir para formar uma dobradinha da Suzuki, mas o domínio da japonês teve um fim quase que instantâneo. Com 1min23s408, Zarco assumiu o comando, 0s217 melhor que o campeão vigente.

Fabio Quartararo teve um problema com a YZR-M1 no final do TL1 (Foto: MotoGP)

Aleix Espargaró também melhorou e subiu para a quinta colocação, 0s433 atrás de Johann.

O francês da Pramac, aliás, foi ainda melhor. Com um pneu médio na frente e um macio atrás, o piloto da moto #5 cravou 1min22s827 e ampliou para 0s798 a vantagem no topo da tabela, já superando o recorde do Red Bull Ring.

Conterrâneo de Johann, Quartararo apareceu fora da pista, com os fiscais ajudando a movimentar a moto depois de um problema mecânico na curva 9. Rossi vinha rodando atrás de Fabio, que levantou a mão para indicar o problema.

Com a bandeira quadriculada tremulando na Áustria, ninguém chegou perto de Zarco para ameaçar a liderança.

LEIA TAMBÉM
Aos 42, Rossi decide por aposentadoria e encerra história na MotoGP em 2021
Maior da história ou não, Rossi teve impacto transformador e popularizou MotoGP
Ídolo, referência e lenda: mundo do esporte a motor reage à aposentadoria de Rossi
Obrigada, Vale
Martín tira atraso de lesão e ratifica adaptação rápida com vitória no GP da Estíria
Fabio Quartararo: 2020 x 2021

MotoGP 2021, GP da Áustria, Red Bull Ring, Treino livre 1:

1J ZARCOPramac Ducati1:22.827 
2J MIRSuzuki1:23.625+0.798
3A RINSSuzuki1:23.730+0.903
4T NAKAGAMILCR Honda1:23.790+0.963
5A ESPARGARÓAprilia Gresini1:23.841+1.014
6F QUARTARAROYamaha1:23.865+1.038
7A MÁRQUEZLCR Honda1:23.881+1.054
8F BAGNAIADucati1:23.903+1.076
9M MÁRQUEZHonda1:23.967+1.140
10J MARTÍNPramac Ducati1:24.044+1.217
11P ESPARGARÓHonda1:24.097+1.270
12E BASTIANINIAvintia Ducati1:24.237+1.410
13L MARINIAvintia VR46 Ducati1:24.330+1.503
14V ROSSISRT Yamaha1:24.335+1.508
15M OLIVEIRAKTM1:24.347+1.520
16B BINDERKTM1:24.492+1.665
17J MILLERDucati1:24.528+1.701
18D PETRUCCITech3 KTM1:24.755+1.928
19I LECUONATech3 KTM1:24.792+1.965
20C CRUTCHLOWSRT Yamaha1:25.295+2.468

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar