Zarco mostra confiança na Honda, mas destaca: “Ainda não sabemos o que fazer”

Johann Zarco até conseguiu pontuar nas primeiras etapas da temporada 2024 da MotoGP, mas segue bem distante dos demais concorrentes. Por isso, ressaltou que a Honda tem trabalhado duro para evoluir a performance da RC213V

Johann Zarco está iniciando sua jornada com a LCR na MotoGP. A temporada 2024 começou com pontos no Catar e em Portugal, mas a performance continua um problema da RC213V, moto da Honda para este ano, que não consegue se aproximar das rivais e que faz parte da reestruturação da montadora japonesa na classe rainha do Mundial.

Até o momento, os melhores resultados da Honda em 2024 foram os 12º lugares de Zarco no Catar e de Joan Mir em Portimão. Depois da etapa portuguesa, o francês destacou que segue confiante no trabalho da fábrica japonesa e que sabe das dificuldades atuais da moto.

“Realmente confio na Honda, vejo que pelo menos estão trabalhando duro, passo a passo. Ainda não sabemos o que é bom para fazer, mas quanto maior a quilometragem, mais saberemos em quais pontos vamos focar. Então, sim, isso será útil para seguir adiante”, afirmou.

“O fim de semana [em Portimão] foi de esperar algo bom, mas que não conseguiria fazer. Ganhei mais experiência, mas não consegui realmente aproveitar a moto. Não foi um fim de semana para curtir muito. Gostei de ser capaz de brigar um pouco, mas quando os outros acharam ritmo já não foi possível”, seguiu o piloto da LCR.

Johann Zarco em disputa Álex Rins durante o GP de Portugal (Foto: Gold & Goose/Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“É questão de criar confiança porque nós [pilotos da Honda] temos estilos diferentes. O meu funcionou melhor no Catar porque eu conseguia controlar a situação e depois andar mais rápido no fim. Esperava o mesmo aqui [em Portugal], pelo menos no grupo que o Joan [Mir] estava brigando”, acrescentou.

Com apenas oito pontos nas duas etapas disputadas, a Honda amarga a lanterna no Mundial de Construtores. A Ducati lidera o certame com 71 tentos obtidos até o momento.

MotoGP volta à pista entre os dias 12 e 14 de abril, para o GP das Américas, em Austin, terceira etapa do campeonato de 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.