Zarco diz que “vai ser ainda mais fácil” deixar Pramac após primeira vitória na MotoGP

Johann Zarco considerou que fica mais fácil mudar para a LCR Honda com uma vitória na bagagem. Francês venceu na Austrália, no 120° GP na classe rainha

Engana-se quem pensa que a primeira vitória da carreira fez Johann Zarco se arrepender de trocar a Pramac Ducati pela LCR Honda. O francês avaliou que será “ainda mais fácil” mudar de equipe após a conquista no GP da Austrália.

No último sábado, Zarco venceu uma eletrizante disputa em Phillip Island e conquistou a primeira vitória na carreira naquele que foi o 120º GP na MotoGP.

Relacionadas


Vindo de vitória na Austrália, Zarco assumiu que ainda precisa dar mais um passo em termos de performance para poder repetir o resultado.

“Adoraria dar esse pequeno passo”, disse Johann. “É só um pequeno passo, mas, ainda assim, é um passo a ser dado nas últimas etapas para encerrar esse capítulo da Ducati na melhor maneira possível”, seguiu.

LEIA TAMBÉM
🏍️ Olha a cabeça! Trato de concussões deixa alerta na MotoGP

Johann Zarco venceu pela primeira vez na MotoGP na Austrália (Foto: Divulgação/MotoGP)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Assim como Phillip Island, Zarco se mostrou satisfeito com a reação dos colegas, mas avaliou que a vitória não vai mudar a maneira como ele é visto pelos pares.

“Fiquei feliz por ver muitos pilotos me parabenizando. Deu para ver nos olhos deles que era muito sincero. Foi muito legal”, comentou o #5. “Eles ficaram muito felizes por mim e isso dá uma boa sensação. Acho que todos os pilotos respeitam todo mundo e eles sabem que posso ser rápido”, acrescentou.

“Às vezes, só é difícil dar aquele passo extra. [Mas] não acho que isso vá mudar o que eles pensam ao meu respeito”, considerou.

Por fim, Zarco assumiu que fica mais fácil deixar a Pramac Ducati no fim do ano em direção a LCR Honda depois de ter conquistado o primeiro triunfo.

“Acho que vai ser ainda mais fácil. Será outro capítulo, mas ainda vejo muitas coisas do que faço e do que os outros fazem”, apontou. “Claramente, será um experiência útil nos próximos dois anos”, encerrou.

MotoGP disputa neste fim de semana o GP da Tailândia, no circuito de Chang. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade.

Martín peca em momento chave e abre brecha para Bagnaia escapar na MotoGP
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.