Martín lamenta “erro de novato” em última volta do GP da Itália: “Doeu bastante”

Jorge Martín foi superado por Enea Bastianini na última curva da etapa em Mugello e caiu para a terceira colocação. Apesar disso, celebrou o pódio e o bom trabalho da Pramac no circuito italiano

O GP da Itália não foi dos mais fáceis para Jorge Martín. No sábado (1), largou da pole e caiu nas voltas finais, abandonando a disputa. Neste domingo (2), novamente saiu da posição de honra do grid, mas foi superado pela dupla da Ducati e acabou em terceiro — sendo que a ultrapassagem de Enea Bastianini foi na última curva da volta final.

Apesar de ter garantido um pódio na corrida principal, Martín viu o rival Francesco Bagnaia vencer as duas provas do fim de semana e cortar a diferença no campeonato para apenas 18 pontos — podendo superar o espanhol na próxima etapa, em Assen.

“Salvamos um fim de semana muito complicado, mas é experiência para outras ocasiões se tivermos problemas. Com três voltas para o fim, pensei em ganhar a corrida e quando não consegui pensei no todo, mas tive um erro de novato abrindo a porta para a ultrapassagem do Enea no final. Me doeu bastante, para dizer a verdade”, pontuou.

“Tivemos coisas positivas e aprendemos muito neste fim de semana”, acrescentou o espanhol da Pramac.

Jorge Martín acabou superado por Enea Bastianini na última volta (Foto: Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Este fim de semana, desde o início, se via que era do Pecco [Bagnaia]. É a pista dele, sempre foi, então ficar perto é um bom trabalho. Aprender a não relaxar lutando por um segundo ou terceiro é positivo, não vai voltar a acontecer. Estou frustrado por essa ultrapassagem, mas feliz pelo resultado e pelo trabalho”, concluiu o líder do campeonato.

Com o terceiro lugar em Mugello, Martín foi a 171 pontos na tabela e agora Vê Bagnaia bem mais próximo, com 153. O italiano tirou 21 pontos somente na etapa italiana, ao conseguir a quarta vitória no campeonato.

MotoGP volta a acelerar entre 28 de 30 de junho para o GP dos Países Baixos, em Assen, com a 8ª etapa da temporada 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.