KTM promete reconstruir moto para Assen e mantém fé em Binder: “Não vamos abandonar”

Diretor do grupo Pierer Mobility, Hubert Trunkenpolz avaliou que Brad Binder tem um ano marcado pelo azar, mas assegurou que a KTM não vai abandoná-lo. Dirigente se mostrou confiante em uma reação do sul-africano

A KTM garante que não vai abandonar Brad Binder em um momento de dificuldade na MotoGP. Diretor do grupo Pierer Mobility e membro do conselho da marca austríaca, Hubert Trunkenpolz avaliou que o sul-africano tem tido azar em 2024, mas afirmou que a fábrica de Mattighofen vai reconstruir a RC16 para o GP da Holanda em busca de soluções para o #33.

Passadas as primeiras sete etapas da temporada 2024, Binder soma 85 pontos, 86 a menos do que Jorge Martín, o líder do campeonato. O irmão de Darryn é o segundo na classificação entre os pilotos da KTM, já que o novato Pedro Acosta aparece em quinto, com 101 pontos.

Relacionadas


“Brad tem sido realmente azarado neste ano. Muitas pequenas coisas deram errado com ele”, disse Trunkenpolz. “Mas não abandonamos um piloto em uma situação como essa. Sabemos que Binder é extremamente rápido e pode vencer corridas da MotoGP. Ele mostrou isso várias vezes conosco — em todas as três classes”, seguiu.

“No momento, algumas coisas não estão encaixando tecnicamente com Brad, então temos de ajudá-lo um pouco com a moto”, reconheceu. “Seguimos uma direção com essa moto que o ajudou do lado da tração, mas que não dá a ele o feeling que precisa para conseguir resultados de ponta”, ponderou.

LEIA TAMBÉM
➡️ O duelo dos companheiros na MotoGP 2024

Brad Binder tem sido ofuscado por Pedro Acosta em 2024 (Foto: Rob Gray/ Polarity Photo)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Trunkenpolz afirmou que a KTM vai reconstruir a moto do sul-africano para Assen em busca de soluções e apontou no retorno da competitividade de Binder.

“Por isso que o teste de segunda-feira, em Mugello, teria sido muito importante para ele. Vamos trabalhar em uma direção com Brad para que ele tenha uma moto com que se sinta confortável outra vez. Ele precisa de uma moto que possa deixá-lo voar. Brad só é rápido quando as coisas estão meio de lado e a moto está se movendo no limite. Então vamos reconstruir a KTM dele antes do GP da Holanda, em Assen. Estamos convencido de que aí Brad poderá vencer corridas da MotoGP outra vez a qualquer momento”, garantiu.

Por fim, Hubert reconheceu o talento de Acosta, mas deixou claro que a qualidade do espanhol não afasta a equipe de Binder.
Pedro Acosta é, sem dúvidas, um enorme talento, mas isso não significa que estamos excluindo Brad Binder”, encerrou.

MotoGP volta a acelerar entre 28 de 30 de junho para o GP da Holanda, em Assen, com a 8ª etapa da temporada 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.