LCR Honda confirma caso de Covid-19 e isola funcionários em Barcelona

Um integrante da HRC que atua dentro da equipe de Lucio Cecchinello testou positivo para Covid-19 na sexta-feira (25). Além dele, outros três funcionários da LCR foram isolados

A pandemia do novo coronavírus impôs mais um revés a LCR. Não bastassem as lesões em série de Cal Crutchlow, a equipe confirmou na sexta-feira (25) um positivo de Covid-19. Trata-se de um funcionário da Honda que atua dentro do time de Lucio Cecchinello.

Em um comunicado divulgado pelas redes sociais, a LCR explicou que o caso positivo de Covid-19 foi imediatamente isolado, assim como outros três integrantes da equipe que têm contato próximo com ele.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Equipe de Cal Crutchlow está desfalcada em Barcelona (Foto: LCR)

LEIA TAMBÉM:
+ Máscaras, marmitas, distância e confinamento: MotoGP tem nova rotina na pandemia

“Infelizmente, hoje um integrante da HCR que trabalha para a LCR Honda testou positivo para Covid-19, sendo imediatamente isolado”, anunciou no Twitter. “Os três membros com contato Categoria 1 com ele foram isolados e testados, dando resultado negativo”, seguiu.

“A HRC já deslocou novos técnicos, testados negativo, para que Crutchlow e [Takaaki] Nakagami estejam plenamente apoiados como sempre”, completou.

Falando à imprensa após os treinos, Crutchlow confirmou que estava com a equipe desfalcada por conta do caso de Covid-19.

“Claro que a vida fica mais difícil, estamos com equipe reduzida”, disse Cal. “Mas isso não nos impede de trabalhar duro e continuar fazendo nosso trabalho na garagem. Todos nós fizemos outro teste hoje e todos testaram negativo”, explicou.

“Como sei como fizeram, mas é um teste rápido e recebemos o resultado em uma hora”, apontou. “Fiz dois testes hoje, pouco antes de sair. O nariz estava constantemente escorrendo, pois enfiaram no swab no nariz duas vezes. Mas está tudo bem. Faz parte e isso mostra o quanto queremos, pois passamos por isso o tempo todo”, completou.

O protocolo sanitário da MotoGP exige a apresentação de testes negativos para Covid-19 para liderar acesso ao paddock. Além disso, o campeonato reduziu o número de pessoas presentes e também limitou o contato entre equipes diferentes.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Catalunha, nona etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

LEIA TAMBÉM
Com Dovizioso, MotoGP tem menor pontuação na liderança após sete etapas em 35 anos

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube