Lecuona testa negativo para Covid-19 e volta a correr no GP da Comunidade Valenciana

Após cumprir isolamento e testar negativo para Covid-19, Iker Lecuona foi liberado para participar do GP da Comunidade Valenciana da MotoGP

Iker Lecuona está liberado para participar do GP da Comunidade Valenciana da MotoGP, que acontece no dia 15. O piloto da Tech3 foi forçado a perder o GP da Europa, disputado no último domingo (8), após o irmão contrair Covid-19. O espanhol testou negativo para o vírus.

Lecuona ainda não testou positivo para Covid-19, mas foi forçado a ficar em isolamento na Andorra por conta do resultado do exame do irmão. O país autorizou a saída de Iker para a Espanha na manhã de sábado, a tempo para disputar o terceiro treino livre.

Iker Lecuona está de volta (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

O espanhol foi o segundo piloto da classe rainha forçado a perder uma etapa do Mundial por conta da Covid-19. Valentino Rossi, da Yamaha, ficou de fora dos GPs de Aragão e Teruel por conta de um exame positivo. O retorno aconteceu em Valência, no último fim de semana.

Em sua primeira temporada na MotoGP, Lecuona, de 20 anos, ocupa a 17ª colocação na classificação do campeonato. Os melhor resultado foi o 9º lugar, conquistado nos GPs da Áustria e de Teruel. É o pior colocado entre os quatro pilotos da KTM.

O GP da Comunidade Valenciana acontece neste domingo (15) no Circuito Ricardo Tormo, em Valência. É a penúltima prova do Mundial de 2020 da MotoGP.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube