MotoGP

Lesionado em Silverstone, Oliveira se diz otimista com recuperação para Misano

Miguel Oliveira se disse otimista com sua forma física após lesionar um tendão o ombro direito em uma queda no GP da Grã-Bretanha. O piloto português contou que passou por um tratamento intensivo para estar recuperado para a etapa de Misano

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Miguel Oliveira ainda não sabe qual será sua condição física para o GP de San Marino e da Riviera de Rimini deste fim de semana. O português corre contra o tempo para poder se recuperar de uma lesão em um ligamento do ombro direito, sofrida em uma queda no GP da Grã-Bretanha.
 
Na prova de Silverstone, Oliveira foi derrubado Johann Zarco e acabou com uma lesão no ombro que, inclusive, o impediu de participar do teste de Misano. O #5, aliás, acabou punido pelo incidente.
O momento do acidente entre Oliveira e Zarco (Foto: Reprodução)
Paddockast #32
AS PISTAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Às vésperas da corrida deste fim de semana, Hervé Poncharal, chefe da Tech3, admitiu a preocupação com a condição de Miguel, mas torceu para que o português possa estar bem para subir na KTM.
 
“Nós chegamos em Misano com um pouco de preocupação na cabeça”, disse Poncharal. “Miguel foi atingido por outro piloto em Silverstone e, embora tenhamos pensado que ele estava fisicamente ok depois de outro acidente desnecessário, quando ele voltou para Portugal descobriu que tinha um dano no tendão do ombro direito”, contou.
 
“Ainda achando que não tinha sido tão ruim, ele teve dois dias de tratamento e voou para Misano para o teste, mas, depois de só duas voltas, foi ‘game over’ para o teste e uma grande preocupação em relação a participação dele em Misano e no próximo GP, em Aragão”, explicou. “Falei com Miguel quase que diariamente. Ele parece estar se recuperando, mas só saberemos se ele pode pilotar na manhã de sexta-feira, no TL1”, ressaltou. 
 
“Para nós, é um grande revés, porque Miguel, desde que voltou da pausa de verão, estava pilotando melhor e melhor”, avaliou. “Graças à KTM, as novas peças melhoradas deram a ele muita confiança e foi um momento muito empolgante para nós, que, infelizmente, foi parado um pouco. Então nós realmente estamos com os dedos cruzados torcendo para ele estar bem para Misano”, completou.
 
Nos dez dias que se passaram desde o teste, Oliveira se submeteu a um tratamento intensivo e, assim, está otimista em suas chances de correr em Misano.
 
“Fiz muita fisioterapia e vi especialistas para melhorar minha condição”, disse Miguel. “Estou me esforçando ao máximo para estar em Misano 100%”, garantiu.
 
“Com certeza, essas coisas levam tempo, mas estou bem otimista em relação à minha condição física. Especialmente, nós estamos muito motivados para conseguir um bom resultado, então tomara que possamos começar o GP de San Marino de onde paramos em Silverstone”, concluiu.

O GP de San Marino e da Riviera de Rimini de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Previsão do tempo para Rimini
GP de San Marino Rimini

 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.