MotoGP

Locatelli lidera primeiro treino livre na França. Líder da Moto2, Baldassarri fica em nono

Andrea Locatelli colocou a Italtrans na ponta na primeira sessão de treinos livres em Le Mans. 0s135 mais lento, Marcel Schrotter fez a segunda marca, seguido por Brad Binder. Líder da Moto2, Lorenzo Baldassarri ficou apenas em nono

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
Resultado de imagem para emoji racing Brad Baker: do duelo com Márquez à recuperação de lesão na medula
Resultado de imagem para emoji racing Grandes Entrevistas: Luca Marini

Andrea Locatelli ditou o ritmo da Moto2 na primeira sessão de treinos livres para o GP da França. Na manhã desta sexta-feira (17), o #5 respondeu ao avanço dos rivais e assegurou a ponta da tabela com 0s135 de vantagem para Marcel Schrotter.
 
O treino da Moto2 viu uma série de mudanças na ponta da folha de tempos. Na reta final da atividade, porém, era Sam Lowes quem ocupava a liderança. Locatelli, então, foi a 1min36s894 e assumiu o comando, com Brad Binder aparecendo pouco depois para se colocou 0s216 atrás.
 
Já no instante final, Schrotter arrematou o segundo posto, recortando para 0s135 a vantagem do líder. Lowes, então, teve de se conformar com a quarta marca.
Andrea Locatelli liderou o TL1 (Foto: Reprodução)
De volta após o susto da largada em Jerez, Remy Gardner ficou em quinto, à frente de Nicolò Bulega. Desta vez com as cores da SIC, Mattia Pasini fez o sétimo tempo.
 
Com 1min37s346, Tom Lüthi ficou com o oitavo melhor registro, à frente de Lorenzo Baldassari. O líder do Mundial foi 0s458 mais lento que o ponteiro. Álex Márquez fecha a relação dos dez melhores.
 
Saiba como foi o treino livre 1 para GP da França de Moto2:
 
Com sol brilhando no céu de Le Mans, as temperaturas foram subindo com o passar das horas. Quando a Moto2 entrou na pista, os termômetros marcavam 16°C, com o asfalto chegando a 28°C. A velocidade do vento era de 10 km/h.
 
A sessão livre começou movimentada, com muitas trocas no topo da tabela. Simone Corsi, porém, começou levando a melhor e se instalou na ponta, 0s166 à frente de Tom Lüthi. Agora com o uniforme da SIC, Mattia Pasini tinha o terceiro tempo.
 
Em sua quinta volta nesta manhã, Brad Binder foi a 1min37s356 e assumiu a ponta, superando Corsi por 0s424. Bastianini também avançou e era agora o terceiro. 
 
Ainda com Binder na ponta, Márquez foi a 1min37s631 e saltou para o segundo posto, com Augusto Fernández aparecendo para ocupar a terceira colocação.
 
Ainda na primeira metade da sessão, Dimas Ekky Pratama sofreu uma queda na curva 4, mas não se feriu com gravidade.
 
Com 1min37s301, Andrea Locatelli passou Binder por 0s055 e assumiu a ponta, baixando sua marca na sequência para levar a vantagem para 0s069.
 
Em meados da atividade, os pilotos partiram para os boxes ainda liderados por Locatelli. Binder, Márquez, Pasini, Bastianini, Fernández, Nicolò Bulega, Iker Lecuona, Sam Lowes e Corsi completavam um top-10 separado por 0s493.
 
Neste TL1, aliás, a KTM estava debutando um novo chassi. Com cerca de dez minutos para o fim do treino, Binder tinha o segundo tempo, com Jorge Martín aparecendo na 21ª colocação.
 
Ainda na ponta, Locatelli baixou sua marca para 1min37s169, mas perdeu a liderança minutos depois, com Lowes passando 0s019 melhor. Binder era o terceiro, à frente de Márquez, Pasini, Baldassarri e Bastianini.
 
Com pouco menos de dez minutos para o fim, Fabio Di Giannantonio deu uma bela escapada da pista na curva 9, mas conseguiu se manter de pé e voltar à pista. O estreante da Moto2 tinha o 13º tempo.
 
Com 1min37s216, Remy Gardner saltou para o terceiro posto, 0s066 mais lento que o líder Lowes. Mais atrás, Marcel Schrotter se instalou em quinto.
 
Com pouco menos de dois minutos para o fim do TL1, Locatelli foi a 1min36s894 e reassumiu a ponta, com Binder passando 0s216 mais lento para ficar com o segundo lugar.
 
Já com a bandeira quadriculada tremulando em Le Mans, Lüthi subiu para a sexta colocação, logo atrás de Pasini.
 
Resultado de imagem para emoticon relógio Confira os horários do GP da França de MotoGP

Moto2 2019, GP da França, Le Mans, treino livre 1:

1 A LOCATELLI Italtrans Kalex 1:36.894  
2 M SCHROTTER Intact Kalex 1:37.029 +0.135
3 B BINDER Red Bull KTM Ajo 1:37.110 +0.216
4 S LOWES Gresini Kalex 1:37.150 +0.256
5 R GARDNER SAG Kalex 1:37.166 +0.272
6 N BULEGA VR46 Kalex 1:37.230 +0.336
7 M PASINI SIC Kalex 1:37.305 +0.411
8 T LÜTHI Intact Kalex 1:37.346 +0.452
9 L BALDASSARRI PONS Kalex 1:37.352 +0.458
10 A MÁRQUEZ Marc VDS Kalex 1:37.365 +0.471
11 B BENDSNEYDER RW NTS 1:37.412 +0.518
12 J MARTÍN Red Bull KTM Ajo 1:37.450 +0.556
13 I LECUONA American KTM 1:37.501 +0.607
14 J NAVARRO Speed UP 1:37.521 +0.627
15 E BASTIANINI Italtrans Kalex 1:37.578 +0.684
16 S CORSI Tasca Kalex 1:37.589 +0.695
17 A FERNÁNDEZ PONS Kalex 1:37.629 +0.735
18 F DI GIANNANTONIO Speed UP 1:37.676 +0.782
19 T NAGASHIMA SAG Kalex 1:38.097 +1.203
20 S CHANTRA Team Tady Kalex 1:38.148 +1.254
21 X VIERGE Marc VDS Kalex 1:38.201 +1.307
22 L MARINI VR46 Kalex 1:38.250 +1.356
23 D AEGERTER Forward MV Agusta 1:38.397 +1.503
24 S ODENDAAL RW NTS 1:38.449 +1.555
25 J ROBERTS American KTM 1:38.551 +1.657
26 S MANZI Forward MV Agusta 1:38.594 +1.700
27 M BEZZECCHI Tech3 KTM 1:38.987 +2.093
28 P OETTL Tech3 KTM 1:39.271 +2.377
29 J DIXON Angel Nieto KTM 1:39.319 +2.425
30 L TULOVIC Kiefer KTM 1:39.616 +2.722
31 D PRATAMA Team Tady Kalex 1:40.747 +3.853
32 X CARDELUS Angel Nieto KTM 1:40.894 +4.000
         
REC F MORBIDELLI Marc VDS Kalex 1:36.836 155.5 km/h
MV F BAGNAIA VR46 Kalex 1:36.188 156.6 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 17ºC | pista: 28ºC


 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.