Lorenzo avalia que circuito de Losail pode ser bom para Yamaha e fala em testar novo chassi no Catar

Mais rápido na primeira sessão de testes no Catar, Jorge Lorenzo avaliou que circuito de Losail pode ser bom para Yamaha. Espanhol afirmou que deve testar novo chassi de Iwata nos treinos desta sexta-feira

Os treinos para o GP do Catar de MotoGP começaram nesta quinta-feira (4), com a primeira sessão livre no circuito de Losail. Depois de Valentino Rossi comandar a maior parte do exercício, Jorge Lorenzo apareceu nos minutos finais para anotar 1min56s685 e ficar com a melhor marca do dia.
 
Cal Crutchlow, da satélite Tech3, também exibiu uma boa performance e ficou com o segundo posto, 0s013 à frente de Rossi. O desempenho do trio foi recebido com muita animação, já que os testes da pré-temporada mostraram a Honda um passo à frente da casa de Iwata.
Lorenzo deve testar novo chassi da Yamaha nesta sexta em Losail (Foto: Yamaha)
No entender de Lorenzo, o circuito catariano pode ser bom para a M1. O espanhol, entretanto, afirmou que o time precisa trabalhar, já que espera a Honda mais próxima nos próximos dias. 
 
“Uma ótima forma de iniciar a temporada: no topo”, resumiu. “Ter três Yamaha nas três primeiras posições do grid como em Jerez significa que esta pista pode ser positiva para nós”, opinou. 
 
“Entretanto, precisamos melhorar, pois os outros irão se aproximar no próximo treino”, assegurou. “Vamos evoluir pouco a pouco, guiando, melhorando a moto e também com a pista melhorando. Hoje nós testamos as duas motos e amanhã vamos testar o novo chassi aqui”, explicou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube