Lorenzo confia no retrospecto e vê Mugello como "bom lugar" para recuperação da Yamaha no Mundial

Jorge Lorenzo foi menos pessimista que o companheiro de Yamaha, Valentino Rossi, e afirmou que vê com otimismo a corrida em Mugello, pois é uma pista que “casa bem” com a M1. O espanhol esperar recuperar os pontos perdidos na França no GP da Itália, que acontece neste final de semana

Jorge Lorenzo busca a redenção em Mugello, palco neste final de semana da quinta etapa do Mundial. O espanhol viveu um GP da França, realizado há duas semanas, desastroso e espera a recuperação na temporada depois do fraco sétimo posto em Le Mans. Vencedor da edição 2011 e 2012 do GP da Itália, o atual campeão confia no retrospecto e na melhor adaptação da M1 ao veloz traçado da pista toscana para fazer frente aos adversários.

"Estou ansioso pela prova em Mugello, principalmente depois do fim de semana decepcionante em Le Mans. Foi uma corrida difícil para nós e agora eu somente quero recuperar os pontos perdidos. Mugello é uma pista que sempre foi muito boa para mim. Eu gosto do circuito, tem curvas longas e velozes. Tenho realmente boas lembranças e aguardo por um fim de semana positivo", afirmou o bicampeão.

Jorge Lorenzo é o terceiro colocado da MotoGP (Foto: Yamaha)

Terceiro colocado no campeonato, 17 pontos atrás do líder Dani Pedrosa, Lorenzo afirmou também que a pista italiana pode ser uma boa aliada para a Yamaha, apesar da longa reta principal, local de, segundo Jorge, grande vantagem da Honda. "Acho que Mugello é um bom lugar para a Yamaha obter uma melhor performance. A pista é incrível e o clima se parece muito com Jerez. O único ponto fraco para nós é a longa reta, onde talvez os adversários sejam melhores que nós, mas no geral a pista casa bem com a nossa moto", explicou o espanhol de 26 anos. 

"Nós agora precisamos encontrar uma forma de reduzir a diferença para os ponteiros, mas, de qualquer forma, o campeonato é longo e precisamos ter calma", acrescentou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube